Moradores de uma casa do bairro São Gabriel, em Guarapari, já não sabe mais o que fazer para a prefeitura resolver um problema que foi criado por ela mesma.

Em março deste ano a secretaria de obras do município procurou os moradores da casa número 146 para pedir que eles deixassem passar pelo quintal um manilhamento de águas pluviais. Eles permitiram, pensando no bem comum, mas desde que as obras foram feitas, a vida deles virou um tormento.

Dona Maria José mostra o local onde começa a passagem das manilhas no quintal dela. foto: João Thomazelli/Portal 27
Dona Maria José mostra o local onde começa a passagem das manilhas no quintal dela. foto: João Thomazelli/Portal 27

Logo nas primeiras semanas depois da execução da obra, as manilhas entupiram, um muro caiu e uma das casas que ficam no quintal ficou alagada de lama.

As obras de reparo foram realizadas, mas os problemas continuaram. “Toda vez que chove é isso. As manilhas estopem e meu quintal fica cheio de uma lama fedorenta que parece mais esgoto do que água da chuva. Na semana passada, com a chuva que deu, minha casa ficou alagada, e estragou um monte de móveis. Nós já procuramos a prefeitura um monte de vezes, mas ninguém sequer vem ver o problema”, desabafa a aposentada Maria José Vieira Brandão Simões.

As manilhas passam por dentro do quintal de Ramon. foto: João Thomazelli/Portal 27
As manilhas passam por dentro do quintal de Ramon. foto: João Thomazelli/Portal 27

O filho de Maria José, Ramon Brandão Simões, 23 anos, já não sabe mais o que fazer. “Antes dessa obra, isso nunca tinha acontecido. Foi só eles botarem as manilhas que toda vez que chove ficamos no prejuízo. A obra está nos prejudicando e nós tentamos ajudar a prefeitura, lamenta Ramon.

Entramos em contato com a prefeitura para sabermos os motivos da demora em atender à família Brandão Simões. Em nota, a prefeitura se limitou a dizer que “a Secretaria de Obras irá ao local nesta terça-feira (19) para verificar a ocorrência”.

Ramon chegou a fazer um vídeo depois de uma chuva fraca para mostrar a situação vivida por eles.

Comments are closed.