Funcionários da rede municipal da saúde saíram às ruas na tarde de hoje em Guarapari para reclamar sobre as más condições de trabalho e os baixos salários. Eles saíram em passeata da frente da Secretaria de Saúde e foram a pé até a ponte que dá acesso ao Centro da cidade.

Enfermeiros, técnicos em enfermagem, recepcionistas e até guarda-vidas reclamaram de vários problemas que, de acordo com eles, afeta diretamente o atendimento à população.

P1000363
Servidores da Saúde se reuniram em frente a secretaria e saíram em passeata pelas ruas de Muquiçaba. Foto: João Thomazelli

“O atendimento à população não está sendo feito de forma correta. Em alguns lugares falta equipamento básico para o tratamento do paciente. Faltam profissionais da saúde, seguranças e transporte para pacientes. Até equipamento para esterilização falta”, reclamou Cristiano Silva Lopes, do Sindienfermeiros.

Um profissional da rede pública que não quis se identificar, disse que é normal funcionários da saúde serem assediados moralmente por discordar das práticas da secretaria. Há casos de funcionários transferidos de unidades de saúde por causa de perseguição.

P1000387
O trânsito ficou complicado nos dois sentidos da ponte depois da passeata. Foto: João Thomazelli – Portal 27

A reportagem do Portal 27 tentou contato com a assessoria de comunicação da prefeitura, mas por causa do horário da manifestação, ninguém foi localizado para comentar as acusações dos servidores.

Por causa da manifestação, o tráfego de veículos, que já é complicado no horário de pico, ficou ainda pior. O trânsito ficou lento nos dois sentidos e os congestionamentos chegaram a três quilômetros.

Deixe seu comentário