Na sessão extraordinária, realizada nesta quinta-feira (04), os vereadores aprovaram, por unanimidade, dois Projetos de Lei (PL’s) enviados pela prefeitura que modificam o plano de cargos e salários dos professores e servidores municipais. Segundo a prefeitura, os reajustes, podem chegar a 23%, de acordo o nível dos cargos e irão beneficiar mais de 2 mil servidores ativos e aposentados.

O PL nº 108/2019 insere o 7º nível no plano de cargos e salários dos professores da rede municipal. Com isso, os profissionais com doutorado poderão ter 10% a mais na base salarial do que os professores com mestrado ou apenas a graduação. Já o PL nº 111/2019 concede reajuste aos servidores efetivos e a porcentagem desse aumento varia de acordo com a função.

Vereadores aprovam mudanças no plano de cargos e salários dos professores e servidores municipais

O presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PRB), explicou que devido a importância dos projetos decidiu realizar a sessão extraordinária antes do recesso parlamentar. “A gente não poderia ir para o recesso e deixar os servidores e professores apreensivos sem saber se iriam receber. Graças a Deus todos os vereadores participaram e essas matérias foram aprovadas”, disse Enis.

Sanção. Agora, o município aguarda o encaminhamento do projeto de lei aprovado, para sanção do prefeito. O último reajuste concedido aos servidores de Guarapari foi de 3%, em 2015. De acordo com o Prefeito Edson Magalhães, o plano de cargos e salários só foi possível graças a uma administração austera e eficiente.  “Muitos municípios do país estão passando por dificuldades em conseguir investir e, até mesmo, conseguir cumprir com a folha de pagamento de seus servidores. Em Guarapari temos realizado investimento no município e valorizando os nossos servidores, sem comprometer o orçamento”, comentou o prefeito.

Ainda segundo Edson, uma gestão para ser eficiente precisa valorizar seus funcionários. “Para termos uma gestão eficiente é fundamental valorizarmos nossos servidores. Essa valorização se reflete na melhoria na qualidade do serviço prestado à população”.

“Em Guarapari temos realizado investimento no município e valorizando os nossos servidores, sem comprometer o orçamento”, comentou o prefeito.

Investimentos. Mesmo com a instabilidade financeira vivenciada no país inteiro, Guarapari segue realizando uma série de investimentos de infraestrutura, turismo, educação e saúde. “Estamos realizando diversas obras em todo o município, como a melhoria da iluminação pública, pavimentação de ruas em diversos bairros, novas unidades de saúde, a construção do Hospital Cidade Saúde, novas creches, entre outras obras que vão trazer ainda mais qualidade de vida para a população”, finalizou o Edson.

O presidente da Comissão de Economia e Finanças lembrou que há 5 anos os servidores não recebem reajuste salarial e que o plano de cargos e salários foi a maneira que o Executivo encontrou para corrigir isso. “Ele não quer dá o reajuste, mas nós já entramos com uma ação no Ministério Público para que ele dê o que é de direito do servidor”, relatou Grijó.

O presidente do Sintrag, Thiago Magno, explicou que o reajuste dos servidores foi concedido de acordo com o nível ocupado, sendo que quem tem um menor nível e ganha abaixo do salário mínimo teve um reajuste um pouco maior. Ele também agradeceu a aprovação do projeto. “Estou muito feliz com o desempenho da Câmara que entendeu que esse não era o melhor reajuste, mas para o servidor que está há anos com o salário defasado porque não estava tendo reajuste isso faz diferença. Há mais de um mês o Enis me prometeu que assim que o projeto chegasse na Câmara seria votado. Ontem ele me ligou e me avisou que o projeto iria para votação. Agradeço de coração ao empenho dele”, afirmou Thiago.

*com informações da Câmara e da prefeitura