O carro usado para sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus, de 12 anos, foi encontrado pela Polícia Civil em Guarapari na manhã de hoje. O carro, um gol prata, foi encontrado em uma oficina mecânica com o motor batido. 

O veículo foi levado para Delegacia e Vitória onde as investigações estão acontecendo.

De acordo com a Polícia Civil, o carro foi vendido para um morador de Guarapari, e foi ele quem procurou a 5ª Delegacia Regional para contar sobre o caso. 

Imagens mostram que Ademir sequestrou Thayná no dia 17 de outubro, no bairro Universal, em Viana. Segundo o titular da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia de Pessoas Desaparecidas, José Lopes, cerca de 10 dias depois, Ademir vendeu o carro para um queijeiro.

A transação ocorreu no dia 28 de outubro, em Cobilândia, Vila Velha. O comprador informou à polícia que negociou a compra do veículo por R$ 5 mil, pagou R$ 2 mil na hora e combinou com Ademir que acertaria o restante depois.

Como já estava com o o motor avariado, o veículo foi rebocado até a oficina em Guarapari, onde foi localizado pelos policiais. O queijeiro foi encaminhado para o DPJ de Guarapari para prestar depoimento. Até o momento, a Polícia Civil acredita que ele tenha feito a compra de “boa fé”, e não teria ligação com o sumiço da Thayná.

 

Deixe seu comentário