Devido aos recentes acontecimentos a cerca da saúde em Guarapari, como morte de bebês em um hospital da cidade, a Transparência Guarapari, junto com o grupo de debates do Facebook Mazelas de Guarapari, está apoiando e divulgando um protesto contra a atual situação da saúde na cidade, que acontecerá no dia 2 de março.

A ONG manifestou seu objetivo através da página do protesto. “Precisamos chamar os nossos governantes a responsabilidade, queremos um hospital decente e saúde publica com qualidade. Temos que mostrar nosso repudio pelas mortes destes inocentes, não podemos aceitar a vergonha que se encontra a saúde em nossa cidade. Guarapari pede socorro, vamos todos nessa luta”.

Convite que está sendo espalhado pelas redes sociais. Foto: Otília Piumbini.
Convite que está sendo espalhado pelas redes sociais. Foto: Otília Piumbini.

Otília Piumbini, uma das moderadoras do Mazelas, explica como surgiu a ideia. “A iniciativa de fazermos o manifesto partiu de uma postagem que a Nilcia Simões colocou no Mazelas. Ai eu, a Rosangela Oliveira e a Nilcia chamamos a Pompeia e a Luciana para nos reunirmos e bolarmos uma manifestação”, conta.

O manifesto, que está sendo chamado de “Cidade Saúde na UTI”, será feito no trevo da ponte, na entrada da Rua da Marinha, às 9 horas. Quem for participar pode levar cartazes e deve ir vestido com blusa preta. Os organizadores do evento, que surgiu nas redes sociais, pedem a participação popular.

Para conhecer melhor o caso das mortes dos bebês, clique aqui.

Deixe seu comentário