Eleito para representar a cidade de Guarapari na Assembleia Legislativa do Espírito Santo a partir de 2019, Carlos Von (Avante) disse a imprensa que vai abrir mão de alguns benefícios aos quais os deputados estaduais têm direito.

Carlos Von (Avante) disse a imprensa que vai abrir mão de alguns benefícios.

Em matéria do jornal A Gazeta desta quarta-feira (17), ele afirmou que que pretende abdicar dos benefícios parlamentares. “Vou abrir mão de todos os benefícios (carro, gasolina, celular, diárias). Vou também lutar reduzir as despesas da Assembleia, como o posto de saúde, por exemplo”, disse Von.

Além de Von, dos 30 deputados que vão compor a nova Assembleia, outros seis responderam que pretendem dispensar algum benefício. São eles: Sergio Majeski (PSB), Enivaldo dos Anjos (PSD), Bruno Lamas (PSB), Doutor Hércules (MDB), Fabrício Gandini (PPS) e Pastor Marcos Mansur (PSDB).   

Benefícios.  Parlamentares estaduais têm direito, além do salário bruto de R$ 25.322,25, a cota parlamentar de até R$ 4,5 mil para despesas de gabinete como cópias reprográficas, diárias, passagens aéreas, postagens, periódicos, combustível, lavagem de veículos, franquia veículo, telefone e material. Eles podem usufruir de carro exclusivo para o mandato, e podem contratar até 19 assessores, com salários de R$ 1.371,56 a R$ 6.313,34.

Comments are closed.