O Portal 27 Comunidades ouviu uma moradora do bairro Ipiranga entrou em contato com nossa redação para denunciar problemas que a comunidade vem enfrentando. Ela preferiu não se identificar, mas relatou alguns casos à nossa redação, e fomos apurar.

O primeiro deles é a interdição da rua principal de acesso ao bairro Ipiranga. “Há mais de uma semana a rua está fechada e ninguém foi visto trabalhando”, denunciou a moradora. Segundo a moradora, a obra está causando transtorno para quem precisa ter acesso ao bairro, porque o caminho de acesso se torna muito mais longo.

Entrada do bairro Ipiranga – fechada há mais de uma semana

Carro. O outro problema diz respeito, segundo a moradora, “a um carro abandonado há mais de dois anos e estacionado de forma errada, um perigo, porque alguém pode se esconder lá a qualquer momento e o carro está quase no meio da rua, há duas ruas do antigo Cenecista”.

Além disso, segundo ela, há excesso de lixo espalhado pelo bairro e o problema do antigo Cenec que oferece risco à população: “O antigo Cenecista virou ponto viciado de lixo, está com mato muito alto, aberto, oferecendo perigo a qualquer hora do dia, podendo qualquer pessoa se esconder por lá”, afirmou a moradora do bairro.

Entrada do antigo Cenec

O Portal 27 procurou a Prefeitura Municipal para responder às questões levantadas pela nossa leitora e recebeu a seguinte resposta:

“Obra. Na data de hoje a construtora responsável pela intervenção foi advertida pelo município, devido ao não início das obras. A mesma alega que após a instalação do tapume, foram identificados registros de água no local da obra e, por este motivo, entraram com solicitação na CESAN, agora aguardam para o início efetivo da obra. Lixo. O problema é gerado pelos moradores do bairro que depositam lixo e entulho em locais inadequados. O bairro possui coleta de lixo domiciliar regular, sendo de responsabilidade de cada morador o correto acondicionamento nos horários de coleta, evitando que os sacos sejam rasgados por animais, transeuntes ou veículos. 

Carro abandonado há dois anos no bairro Ipiranga

A prática do descarte incorreto de lixo é condenada pela administração.  Até o momento não há registro de denúncia dos infratores, o que dificulta os trabalhos de identificação e notificação por parte do poder público municipal. De acordo com Código de Postura Lei 1258/1990. Lei Federal12.305/2010 Decreto 7.404 (verificar artigo 23), todo material tido como lixo ou entulho, é de responsabilidade do gerador. O despejo destes resíduos em local irregular acarreta em multas e em alguns casos apreensão de equipamentos (construção civil). Dúvidas quanto aos dias, horários e acondicionamento poderão ser sanadas através do 3361-1167. Neste mesmo telefone é possível fazer a denúncia contra os moradores que cometem este crime”.

Quanto ao veículo parado há dois anos no mesmo local, fomos informados pela assessoria de comunicação da Prefeitura que: “carro abandonado é diretamente com a Polícia Militar”. Entramos em contato com a Polícia Militar, e segundo o Capitão Palaoro, do 10º Batalhão da PM, “O trânsito é municipalizado. A competência sobre estacionamento e circulação é da prefeitura”.

Deixe seu comentário