O Portal 27 recebeu fotos, vídeos e um relato da leitora Sarah Lemgruber que neste final de semana presenciou um resgate feito pelo corpo de bombeiros e salva vidas em Guarapari. Confira o relato e o vídeo abaixo.

Por Sarah Lemgruber

“Hoje presenciei uma cena única, uma turista desavisada resolveu tirar selfies nas pedras do clube do Siribeira, e por infelicidade e o mar forte foi jogada ao mar, seu marido na intenção de ajudar pulou para tentar resgata-la, pronto a catástrofe se formou, o que poderia ter sido mais um caso de afogamento se tornou um ato heroico não só de 2 empresários como dos bombeiros que sem pensar se lançaram ao mar para resgata-los, com poucos equipamentos contaram com a ajuda de uma morador local o paulista que ajudou no resgate com um jet sky e um empresário que levou um macarrão para que a incauta turista não se afoga-se.

Até ai tudo bem mais um dia de trabalho desses heróis não reconhecidos, mas o que houve depois que foi o pior, enquanto a turista foi levada ao hospital particular o bombeiro acabou Indo para na nossa UPA de Guarapari pois o mesmo se machucou enquanto a resgatava e ficou com o pé cheio de ouriços, um empresário daqui levou ele até lá e acompanhou até o final, e ai vem o descaso após mais de 30 min sem atendimento lhe foi questionado o porquê ninguém poderia lhe atender pois o mesmo necessitava retornar ao trabalho, e lhe foi dito que estavam em horário de intervalo, havia mais de 4 atendentes dentro da sala de enfermagem conversando e ninguém para tende-lo.

Revoltado e com razão sai de lá passamos em uma farmácia, o empresário adquiriu o necessário e os colegas do mesmo tiraram todos os espinhos, e ai fica a pergunta se um Salva-Vidas que se machucou fazendo o resgate não foi atendido com no mínimo respeito o resta para a nossa população.”

Comments are closed.