DSC08815
Toninho Stein (PDT) pediu o desligamento do presidente da Câmara. Foto: Wilcler Lopes/portal 27.

O presidente da Câmara Municipal de Guarapari, José Wanderlei Astori, que era filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), foi desligado do partido pela executiva municipal. Na última quarta-feira (25), o presidente municipal do partido, Toninho Stein (PDT), que também é presidente da Codeg, apresentou uma carta, em que pede  a juíza eleitoral, o “desligamento” de Wanderlei.

Histórico. Apesar de serem do mesmo partido, Wanderlei e Toninho nunca se entenderam. Desde 2013 os dois vivem em confronto, como pode ser comprovado por antigas matérias publicadas pelo Portal 27, que podem ser vistas neste link Fogo amigo em Guarapari

Wanderlei
Wanderlei não foi encontrado para comentar o caso. Foto Wilcler Lopes/portal 27

Os dois vivam discutindo sobre a gestão pública. Usavam as redes sociais e a imprensa para atacar um ao outro. Toninho criticava os gastos da Câmara e o Wanderlei criticava os gastos da CODEG.

Nossa equipe tentou durante todo o final de semana, falar com Toninho Stein e com Wanderlei, mas os telefones ou chamavam até cair a ligação, ou davam caixa postal.

Nossa equipe ainda tentou falar com a executiva estadual, através do presidente do PDT, Deputado Federal Sérgio Vidigal, mas ele respondeu através da assessoria, que não iria comentar o caso, que estaria sob responsabilidade da executiva municipal.

Deixe seu comentário