O prefeito de Itapemirim, Dr. Thiago, determinou atendimento prioritário às vítimas das enchentes decorrentes do alto volume de água que vem de outras cidades e atingiu o interior do município. A principal preocupação nestes últimos dias tem sido o possível rompimento do dique de Muritiba, mas graças aos esforços de várias equipes da Administração, encontra-se sobre controle.

A principal preocupação nestes últimos dias tem sido o possível rompimento do dique de Muritiba,

O chefe do Executivo também percorreu as localidades atingidas pela enchente nesta segunda-feira (27), inclusive, esteve às margens do rio Itapemirim, na ponte da sede do município, manifestou sua preocupação com a velocidade e volume da água que por ali percorre. O prefeito informou que aproximadamente 200 pessoas desabrigadas estão alojadas em prédios públicos e que a prefeitura está dando todo suporte para reconstruir qualquer prejuízo sofrido em função do desastre natural.

Em relação à contenção das águas, a prefeitura está trabalhando num paliativo para manter a retenção do dique em Muritiba. Diversas secretarias disponibilizaram sete caminhões, uma pá mecânica, duas retros, uma escavadeira e 60 basculhantes de barro.

O gerente-geral da prefeitura de Itapemirim, Tiago Faria Leal, e diversos servidores de outros departamentos estão trabalhando 24 horas por dia, tanto no resgate de animais, quanto na remoção de famílias para local seguro, além de estarem monitorando as áreas afetadas em tempo integral. 

A Guarda Municipal está atendendo aos chamados e acompanhando todas as ações da prefeitura. Nas localidades de Paineiras, Coqueiros e Barro Roxo, todas as famílias foram removidas para locais seguros e estão sendo assistidas pela prefeitura, com equipes médicas e alimentação, entre outros.

O rompimento do dique prejudicaria, demasiadamente, toda a região baixa dos bairros Candéus, Campo Acima e Jardim Paulista, mas homens e máquinas estão trabalhando diuturnamente na contenção para evitar danos à população. Vale ressaltar que as águas da enchente não afetam o litoral, portanto, turistas que podem visitar tranquilamente as praias de Itaoca e Itaipava. 

Deixe seu comentário