Os motoristas que seguem do Centro de Guarapari para Muquiçaba pela Rua Batista Gotardo, que é a rua da igreja matriz São Pedro, devem ficar atentos. Desde a semana passada, a prefeitura instalou novas placas de sinalização no local e a via que era de mão dupla passou a ser mão única.

Portanto, com as mudanças, os motoristas que seguem do Centro devem subir por uma das duas ladeiras, que ficam ao lado da igreja católica. Já os motoristas que vem da Praia do Morro, continuam podendo entrar na rua Batista Gotardo e seguir pelas ruas de dentro do bairro até chegar ao Centro.

A via agora possui placas de sinalização, pintura no chão indicando que é sentido único e gelo baiano para impedir que os motoristas sigam na contramão.

GEDSC DIGITAL CAMERA
Desde a semana passada, a prefeitura instalou novas placas de sinalização em Muquiçaba: Foto Rosimara Marinho.

De acordo com a comerciante Juraci Pessali, 56 anos, a medida veio para contribuir com o trânsito da região. “Aqui nessa rua já vi até tumulto entre alguns motoristas, pois se formava uma fila de carros. Com a aproximação do verão é melhor que se torne mão única”, disse Juraci.

Já a vendedora Assunção Simões, 48 anos, contou que presenciou discussão entre motoristas por causa da dificuldade de passar dois veículos de uma só vez na rua. “Acho que a medida foi boa, pois irá contribuir com a fluidez do trânsito. Aqui havia até engarrafamento”, comentou.

G
Segundo os moradores, a rua não comporta veículos nos dois sentidos, porque é estreita. Além disso, os motoristas estacionam nos dois lados da via.Foto Rosimara Marinho.

Segundo a secretária de fiscalização, Elizabeth Piciafuocco, as medidas foram feitas para atender a demanda da comunidade. “Nós temos registrado as reclamações de moradores, que eram constantes os acidentes na via, os carros ficavam emparelhados um de frente para o outro e tumultuava o trânsito”, disse Elizabeth.

A secretária disse ainda que a sinalização foi adequada, pois já constava que a via era de mão única, porém as placas haviam sido retiradas.

Morador já teve retrovisor quebrado

O topógrafo Robson Gaigher, 55 anos, contou que já teve o retrovisor do seu carro quebrado duas vezes, porque deixou seu carro estacionado na rua. Segundo ele, a medida veio contribuir com a fluidez no trânsito. “Eu vou precisar dar a volta no quarteirão para entrar na garagem da minha casa, porém acho melhor, já que a rua não comporta duas mãos”, disse Gaigher.

GEDSC DIGITAL CAMERA
“Acho melhor, já que a rua não comporta duas mãos”, disse Gaigher
Deixe seu comentário