A pandemia do coronavírus afetou diversas áreas da sociedade, como a escola e a educação, neste caso não foi diferente. Um professor de educação física com mais de mil alunos precisou se reinventar e ser criativo nestes tempos difíceis, o método encontrado foi fazer algo novo para ele, gravar vídeos no Youtube ensinando aos alunos diversos exercícios e alongamentos.

O professor se chama Orlando Prezotti e, junto da pequena Sophie Cassilhas, gravam e enviam diversos vídeos para os alunos das mais de 16 turmas que o docente dá aulas. Orlando atua na profissão há 20 anos e, atualmente trabalha nas escolas Professor José Antonio de Miranda, em Santa Mônica e Florisbela Lino Bandeira, em Jardim Boa Vista.

Professor Orlando e Sophie Cassilhas, durante uma das gravações. Foto: Arquivo Pessoal.

Orlando comentou que quando a pandemia começou este foi um dos jeitos que achou de se reinventar e continuar trabalhando, sem deixar os mais de mil alunos na mão. Falou também sobre as dificuldade quando começou, por ser algo novo e que ele nunca teve experiência, mas logo conseguiu aprender.

“O canal começou junto da pandemia, nós professores tivemos que nos reinventar de alguma forma, eu achei o Youtube como a forma mais coerente na minha atividade, que é educação física, para poder repassar as atividades, mas teve uma proporção muito grande de repente, eu comecei do nada e curioso, querendo saber as novidades da tecnologia, era algo que eu nunca tinha feito, e descobri como foi complexo”, disse Orlando.

O professor também falou do principal objetivo dele, mesmo com o canal crescendo, o foco não é a fama, e sim atender todos os alunos, que estão retornando com avaliações positivas sobre as vídeo-aulas.

“Meu objetivo está sendo atingido, que é chegar aos meus alunos, eu tenho 16 turmas, quase mil alunos e tenho que atender esse quantitativo enorme, eu vivo ocupado, quase sem tempo, mas é muito gratificante. O feedback dos alunos está sendo muito positivo, 80% a 90% dos alunos me respondem o vídeo com avaliações positivas”, relatou o professor.

O profissional, no entanto, não faz este trabalho sozinho, junto dele está a pequena Sophie Cassilhas, que o ajuda nas gravações como parceira de vídeos. Com a autorização dos pais, a filha se diverte muito sabendo que está ajudando os outros alunos e fazendo algo que gosta.

“Me sinto mega feliz pela responsabilidade, hoje é tão difícil alguem se preocupar com as crianças como ele (Orlando) se preocupa, é muito gratificante, vejo a alegria da minha filha, as crianças reconhecendo ela na rua e sei também que ele está passando coisas boas para ela, ensinando bem”, comentou o pai de Sophie, Ricardo Cassilhas.

Sophie se diverte e gasta a energia com coisas boas durante as gravações.

Já a mãe da pequena, Thayla Santos, falou sobre o bem que isso faz para Sophie, que sempre foi muito comunicativa e agora está usando toda a energia dela para algo especial, que é o trabalho do professor no meio desta pandemia, ajudando os alunos e se divertindo gravando.

“A Sophie sempre foi uma criança muito comunicativa, tagarela, né!? No meu celular tenho vários vídeos gravados por ela mesmo, dançando, encenando. Ela sempre gostou de contar histórias, de criar personagens. Quando vi o primeiro vídeo que o Orlando fez com ela, meu coração se encheu de gratidão. Ver ela usando toda essa criatividade pra algo tão especial, como o trabalho do prof. Orlando, ajudando outras crianças no meio desse caos que estamos vivendo é uma honra! Sou muito grata a ele por ter estimulado isso nela, e por todo zelo que ele tem com a Sophie! Eles se divertem gravando os vídeos, a conexão entre os dois é muito bonito de ver!”, finalizou a mãe.

Por fim, o professor Orlando também agradeceu aos diversos amigos que ajudaram ele a conseguir continuar com o canal, ensinando e motivando. “Gostaria de agradecer aos profissionais da escola Professor José Antônio de Miranda: Querle Lopes Rubim (diretora), Ana Maioli (pedagoga), Andriléia Moreira da Conceição (diretora adjunta) e aos da escola Florisbela Lino Bandeira: Nádia Roberta (diretora), Maria Cristina (pedagoga), Maria Salete (pedagoga), Hilly de Brito (instrutor de informática).

Confira o canal aqui:

https://www.youtube.com/channel/UC8QJdz5HeWmw6g43mOI_B3g

Deixe seu comentário