Os salva-vidas da Cidade Saúde fizeram um protesto hoje (25) de manhã. Eles pedem equipamentos e reclamam da chefia. Também contestam o encerramento de 39 contratos, no próximo dia 27, e de mais 41, no dia 14. De acordo com eles, com o feriado chegando e o número de salva-vidas diminuindo haverá dificuldade para trabalhar. Procuramos a Prefeitura, que nos enviou uma nota.

Salva-vidas fizeram protesto hoje. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
Salva-vidas fizeram protesto hoje. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.

Nota

Sobre os Guarda-Vidas é importante esclarecer que:

A contratação de 79 guarda-vidas é temporária, para prestação de serviços em salvamento marítimo com prazo previsto para encerrar, e que os contratos não preveem possibilidade para aditar ou prorrogar a prestação de serviços.

Que os contratos encerram dentro da seguinte previsão de datas:

– dia 27 de março – 30 guarda-vidas

– dia 30 de março – 02 guarda-vidas

– dia 01 de abril – 02 guarda-vidas

– dia 08 de abril – 01 guarda-vida

– dia 14 de abril – 44 guarda-vidas

Que temos 28 guarda-vidas efetivos e para o período de Páscoa (dias 29, 30 e 31 de março), teremos além dos 28 efetivos, mais 47 contratados, cujos contratos só encerram após o feriado, conforme tabela acima. De acordo com o gerente de salvamento, mesmo após contratos encerrados, teremos guarda-vidas nas praais, incluindo Enseada Azul. Quanto a aquisição de equipamentos, ele informou que o processo encontra-se no setor de Compras da Prefeitura.

Deixe seu comentário