O prefeito Carlos Casteglione assinou nesta terça-feira (21) o termo de compromisso que autoriza a implantação do primeiro curso de medicina de Cachoeiro de Itapemirim. Com isso, o município se compromete a manter a estrutura necessária na rede pública de saúde para a habilitação da faculdade.

O documento foi assinado durante seminário sobre os resultados do programa Mais Médicos na região sul capixaba, realizado pela manhã, no salão do Caçadores Carnavalescos Clube, no centro da cidade. “O curso vai criar oportunidades para nossos jovens, que poderão permanecer na região e aplicar seus conhecimentos nela”, destacou Casteglione.

10688437_870368126327002_2205285682980089057_o
O prefeito Carlos Casteglione assinou nesta terça-feira (21) o termo de compromisso que autoriza a implantação do primeiro curso de medicina de Cachoeiro de Itapemirim.

Estiveram presentes no evento o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Heider Aurélio Pinto, e demais autoridades convidadas, além de profissionais cubanos do Mais Médicos que atuam nas equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) do município. Segundo Heider Pinto, a instituição privada que tiver sua proposta aprovada pelo edital de seleção, a ser publicado pelo Ministério da Educação ainda neste ano, terá até o começo do segundo semestre de 2016 para abrir em Cachoeiro a primeira turma de medicina.

1796717_870368369660311_5783357690008956977_o
A instituição privada que tiver sua proposta aprovada terá até o começo do segundo semestre de 2016 para abrir em Cachoeiro a primeira turma de medicina.

Ele ressaltou que também caberá à entidade de ensino superior selecionada implantar no município, dentro do prazo de um ano após o início das aulas, a residência em Medicina Geral da Família e Comunidade. “Assim, será possível ampliar o atendimento na Atenção Básica”, frisou.

10648366_870368166326998_1838845429386548383_o
Cachoeiro é o único município capixaba escolhido.

A abertura do novo curso na região foi anunciada pelo governo federal no início do mês de setembro. Ao todo, 39 cidades brasileiras foram selecionadas pelo Ministério da Educação (MEC). Cachoeiro é o único município capixaba escolhido. A medida faz parte dos compromissos do Mais Médicos, que tem como objetivo ampliar e interiorizar as vagas de graduação em medicina em todo o país.

Deixe seu comentário