As inscrições para o edital Nossa Bolsa 2024/02 estão abertas! Com investimento de R$ 47 milhões do Governo do Estado, o edital oferece 1.001 bolsas integrais para estudantes capixabas que desejam realizar a primeira graduação. São 40 opções de cursos, em diversas áreas, em 30 universidades localizadas na Grande Vitória e interior. Os interessados podem se inscrever até 27 junho, no site www.fapes.es.gov.br/nossabolsa.

Para a inscrição é necessário que os interessados tenham concluído o Ensino Médio e realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), entre os anos de 2019 e 2023, ter renda per capita de até um salário mínimo e meio, além de ter estudado o Ensino Médio em escola da rede pública ou rede particular com bolsa integral. O programa prioriza estudantes que moram em bairros com alto índice de vulnerabilidade social e de quem se autodeclara afrodescendente.  Os contemplados com as bolsas terão o curso totalmente pago pelo Governo do Estado.

O Programa Nossa Bolsa 2024/02 é uma realização da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) em parceria com da Secretaria da Educação (Sedu). O diretor Geral da Fapes, Rodrigo Varejão, destacou o impacto social do Nossa Bolsa.

“Os investimentos do Governo do Estado em bolsas de estudo para jovens residentes de áreas socialmente vulneráveis são essenciais para promover a equidade, desenvolver economicamente o Estado, fortalecer a coesão social e cultural e gerar um retorno positivo para a sociedade como um todo. Ao garantir que mais jovens tenham acesso ao Ensino Superior, o Governo não só melhora as perspectivas individuais desses estudantes, mas também contribui para um futuro mais próspero e justo para todos”, declarou Rodrigo Varejão.

Entre os requisitos, o 2º edital do Nossa Bolsa em 2024 traz novidade. O candidato deve, agora, ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. Antes, o valor era de um salário mínimo. A mudança foi realizada a partir de decreto assinado pelo governador do Estado Renato Casagrande e a medida amplia o público-alvo do programa.

Para a inscrição é necessário que os interessados tenham concluído o Ensino Médio e realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), entre os anos de 2019 e 2023, ter renda per capita de até um salário mínimo e meio, além de ter estudado o Ensino Médio em escola da rede pública ou rede particular com bolsa integral.

Segundo o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Bruno Lamas, o objetivo dessa mudança nos critérios das bolsas é abrir mais oportunidades para os capixabas.

“Essa medida visa diminuir as diferenças no acesso à educação, pois mais pessoas poderão concorrer às vagas. Além disso, ao investir na formação de profissionais capacitados, o Estado impulsiona sua capacidade de inovação e desenvolvimento, criando um ambiente favorável para o avanço e a prosperidade de todos. O decreto não apenas representa um avanço na política educacional do Espírito Santo, mas também reafirma o compromisso do Governo do Estado em construir um futuro mais justo, inclusivo e promissor para todos os capixabas”, afirmou Lamas.

Impacto na vida dos contemplados

A estudante de jornalismo Kariana Ferreira conta que o Programa Nossa Bolsa foi sua última tentativa de entrar na faculdade: “eu sempre quis dar continuidade aos meus estudos, mas no ano em que eu me inscrevi, estava bem desanimada em continuar tentando, além do abalo psicológico por conta da pandemia.  Enfim, consegui a bolsa e está sendo uma das coisas mais incríveis que já me aconteceu. Por conta do Nossa Bolsa estou fazendo o que amo e me relacionando com pessoas maravilhosas que tenho certeza que não conheceria se não fosse por essa experiência”, pontuou a universitária, ressaltando que atualmente faz estágio na área.

Outro exemplo é o de Bárbara Dias, estudante de Publicidade e Propaganda. “Sempre sonhei em cursar uma faculdade, mas as dificuldades financeiras eram um obstáculo e o Nossa Bolsa proporcionou uma oportunidade única de acessar uma educação superior de qualidade. O Programa tem sido crucial para a minha vida, proporcionando oportunidades educacionais que de outras formas seriam inacessíveis para mim”, disse Bárbara Dias, destacando que começou um estágio como Auxiliar de Marketing no início de 2023 e atualmente é funcionária da empresa.

Como é feita a inscrição?

inscrição está aberta até 27 de junho e deve ser feita pelo site www.fapes.es.gov.br/nossanolsa. O candidato deve preencher seus dados pessoais e escolher qual curso, turno e instituição de ensino que deseja concorrer a bolsa.

Como é a seleção pela nota do Enem?

interessado pode escolher qual nota do Enem, entre 2019 e 2023, quer usar na seletiva. E, de acordo com o edital, a seleção será feita pela média global de 450 pontos nas provas objetivas e a redação. Além da média global, o estudante deve ter tido nota mínima de 400 pontos na redação.

Quem pode concorrer as bolsas?

O candidato deve ter realizado uma das provas do Enem referentes aos anos de 2019 a 2023 e ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio.

O processo seletivo do Nossa Bolsa prioriza o ingresso de pessoas que moram em bairros com alto índice de vulnerabilidade social e de quem se autodeclara afrodescendente ou negro no ato da inscrição. Por isso, é preciso informar o Código de Endereçamento Postal (CEP) para verificar se o candidato está em um bairro atendido pelo Programa Estado Presente em Defesa da Vida.

De acordo com o edital de seleção, somente poderá participar do Nossa Bolsa 2024 o estudante que atender a uma das condições a seguir:

  • Ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública localizada no Espírito Santo;
  • Ter cursado completamente o Ensino Médio em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição localizada no Espírito Sant
  • Ter cursado o Ensino Médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição localizada no Espírito Santo
  • Ter concluído curso técnico em um dos Centros Estaduais de Educação Técnica (CEET) no Espírito Santo;
  • Ter cursado o Ensino Médio e/ou Curso Técnico nas Escolas do Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo.
  • Não podem concorrer a uma das bolsas os estudantes que:
  • Já tenham sido beneficiários do Programa Nossa Bolsa;
  • Já tenham concluído qualquer curso de graduação.  

O que é o Programa Nossa Bolsa?

O Programa Nossa Bolsa concede bolsas em cursos de graduação ofertados por instituições privadas e é destinado aos capixabas que concluíram o Ensino Médio em escolas da Rede Pública de Ensino ou em escolas privadas, na condição de bolsistas integrais. O Programa integra o eixo Ensino Superior, do Sistema Universidade do Espírito Santo – UniversidadES. 

Serviço:

Programa Nossa Bolsa 2024/02

Edital Fapes 04/2024 – Nossa Bolsa 2024/2: clique aqui e acesse o edital

Inscrições de 04/06 a 27/06, por meio do site: www.fapes.es.gov.br/nossabolsa