Na manhã desta quarta-feira (30), a Polícia Civil com apoio da Polícia Militar realizou uma operação com objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão e prisões. As ações aconteceram no bairro Nossa Senhora Aparecida, Córrego dos Monos, Baiminas, em Cachoeiro e na cidade de Piúma.

As ações aconteceram no bairro Nossa Senhora Aparecida, Córrego dos Monos, Baiminas, em Cachoeiro e na cidade de Piúma.
As ações aconteceram no bairro Nossa Senhora Aparecida, Córrego dos Monos, Baiminas, em Cachoeiro e na cidade de Piúma.

Segundo o Delegado chefe da 7ª Regional em Cachoeiro, Faustino Antunes Simões, a operação foi considerada um sucesso. No bairro Nossa Senhora Aparecida foi detido Marcelo Pereira da Silva, de 18 anos, apontado pela polícia como gerente do tráfico de drogas no bairro. O acusado também está sendo investigado por crimes de homicídios e por impor toque de recolher no local.

Durante a operação, um grupo de policiais militares do GAO, foi para Piúma, onde realizou um cerco policial e prendeu o foragido da justiça Douglas Silva de Aguiar, de 24 anos, que fugiu da penitenciária de Cachoeiro em maio de 2008 com outros sete detentos. Na casa também estava sua companheira Lariane dos Santos Estefanato, de 23 anos, que foi detida.

Após buscas, os policiais encontraram uma pistola calibre 380 e aproximadamente 300 gramas de maconha. De acordo com a Polícia Civil, Douglas é apontado como dos executores de José Luís Ferreira, conhecido como “Japonês”, morto a tiros em dezembro de 2012 dentro de seu comércio. A partir de então, o acusado foi para casa da companheira em Piúma e passou a controlar o tráfico de drogas nos bairros Nossa Senhora Aparecida e Bela Vista, tendo como braço direito Marcelo.

Os detidos e os materiais apreendidos foram encaminhados para o DPJ de Cachoeiro.
Os detidos e os materiais apreendidos foram encaminhados para o DPJ de Cachoeiro.

Ainda segundo informações policiais, há indícios que Douglas tenha mandado matar Willian da Silva Monteiro, de 20 anos, crime ocorrido no dia 23 de novembro de 2013. Outros quatro crimes seguem sendo investigados.

Os detidos foram encaminhados para o DPJ ficando a disposição da justiça.

Com informações: Site ViaES

Deixe seu comentário