Na manhã desta quarta-feira (08) foi realizada uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Guarapari para a votação dos vetos de nove Projetos de Lei da última legislatura.

Durante a sessão foram derrubados três vetos do ex-prefeito Orly Gomes, entre eles o do Projeto de Lei nº 121/2016 de autoria do vereador Dito Xaréu, que institui o Festival de Food Truck no calendário oficial de eventos da cidade.

Projeto de Lei nº 121/2016 de autoria do vereador Dito Xaréu, que institui o Festival de Food Truck no calendário oficial

O vereador Dito Xaréu comemorou a aprovação do projeto e explicou que ele vai ajudar a trazer recursos para a cidade. “Esse projeto na gestão passada foi colocado em pauta e votado por unanimidade, mas o prefeito achou melhor vetar. Agora voltando mostramos a necessidade. Guarapari, como falei na minha solicitação do voto, é a capital internacional do turismo, é uma cidade que recebe turista de tudo quanto é parte do mundo. O food truck existe nas grandes capitais do país e Guarapari pertence ao mundo. Nossos munícipes e nossos visitantes precisam de desenvolvimento para Guarapari e isso vai trazer renda para o município”.

O vereador Dito Xaréu comemorou a aprovação do projeto.

Segundo o Projeto, o festival será realizado anualmente durante quatro dias da segunda quinzena do mês de julho. Mas o vereador explicou que essa data pode ser alterada. “O projeto fala em fazer no mês de julho, mas isso o executivo pode mudar. Nós colocamos no mês de julho porque teria que ter uma data. Só colocamos o mês de julho porque são 15 dias de férias e às vezes as casas noturnas não abrem e existe muita gente adepta ao food truck assim como existe os adeptos a rave, ao funk, ao pagode, o samba-enredo. Nossa intenção foi só fomentar o turismo na baixa temporada, naquele curto espaço de férias”.

Tomás Nogueira Fernandes, que trabalha com food truck há um ano e organizou o Festival Triângulo-Enseada em janeiro na praia de Bacutia, apoiou a iniciativa.  “O Festival de Food Truck já é realizado em várias partes do país e não vejo porque não haver em Guarapari com uma frequência mais alta também.  A gente organizou o Festival Triângulo-Enseada em janeiro com apoio da prefeitura e foi um grande sucesso. Acredito que essa lei vai de encontro com essa ideia de desenvolvimento, geração de emprego e produção na própria cidade. Acho que deve ser organizado de forma correta e a iniciativa é positiva”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.