Deve entrar em vigor, nos próximos dias, a lei que regulamenta a criação de uma Comissão Permanente de Combate às Drogas na Câmara de Guarapari. O projeto do vereador Gedson Merízio (PSB) visa reduzir a criminalidade no município tirando crianças e jovens do caminho da dependência.

“Hoje, 4,4% da população mundial é de dependentes químicos, a maioria jovens. No Espírito Santo, esse número está entre 8% e 9%. São as drogas que geram a violência. Reduzindo esses dados alarmantes, conseguimos combater também a violência”, conta.

Foto: Jamille Scopel
Foto: Jamille Scopel

O objetivo da comissão será evitar que crianças e jovens comecem a usar entorpecentes. “Tive uma reunião com os delegados da cidade. Eles me contaram que os pontos de uso de drogas já foram identificados e que a polícia tem combatido isso. Com essa atitude, os traficantes começaram a usar os menores para levar as drogas para dentro das escolas”, explica.

A intenção do vereador é conscientizar essa nova geração. “O ideal é ir até as escolas e explicar a esses meninos e meninas o que pode acontecer caso eles entrem nesse mundo. Também queremos conhecer cada local considerado como cracolândia e pensar formas de combater essa concentração de usuários e traficantes nesses locais para expulsá-los”, afirma.

Membros da comissão

Gedson é o autor da lei. Foto: Divulgação.
Gedson é o autor da lei. Foto: Divulgação.

Ainda não foram nomeados os membros da comissão e essa questão deve ser definida logo. Gedson solicitou participar. “Pedi para ser o presidente. Quero acompanhar de perto essa questão das drogas. Precisamos combater esse mal”, conclui.