Os vereadores Fernanda Mazzelli (PSD), Wendel Lima (PTB) e Marcos Grijó, que fazem parte da Comissão Processante (CPI) que investiga a denúncia contra o vereador Dito Xaréu (SDD), realizaram a primeira reunião da Comissão na manhã desta quinta-feira (27).

Advogado. Respeitando o que determina o Regimento Interno, os trabalhos da Comissão foram acompanhados por Marcos Bitencourt, advogado do vereador Dito. Segundo a presidente da Comissão, vereadora Fernanda Mazzelli (PSD), foi acordado um prazo de 10 dias para que seja apresentada uma complementação da defesa do vereador.

Advogado, Marcos Bitencourt, vereador Grijó, advogado da Câmara, Tarcísio Ribeiro, Fernanda Mazzelli e Wendel Lima.

“O juiz deu uma liminar determinando o retorno do vereador, mas nós continuamos cumprindo nosso papel de averiguar essa situação. Após a apresentação dessa defesa, vamos dar prosseguimento ao trabalho ouvindo o vereador e também as testemunhas que estão no processo”, explicou Fernanda.

Transparência. Após a apresentação da defesa, a Comissão vai se reunir todas as terças-feiras, às 9h. Por solicitação da presidente, com o objetivo de dar transparência, em concordância com o princípio de publicidade nos atos oficiais da administração pública, as reuniões serão transmitidas ao vivo na página oficial da Câmara no Facebook.

* com informações da Câmara Municipal

Deixe seu comentário