Com o sinalizador desligado moradora, que mora há 50 metros da torre, teme por tragédia.

As torres de captação de sinal para telefonia móvel são obrigadas a ter um sinalizador para evitar acidentes aéreos. Mas, em Santa Mônica isso não está sendo respeitado e a falta de iluminação noturna em uma torre da empresa de telefonia Oi está tirando o sono de moradores do bairro.

A dona de casa Lúcia Simões, de 59 anos, mora no bairro há 26 anos e a casa dela está a aproximadamente 50 metros de distância da torre. Ela afirma que quando foi morar lá a torre já existia no local, mas acredita que ela não deveria estar tão próxima das casas. “Acho que ela deveria ter sido instalada em um lugar mais ermo, que não tivesse tantos moradores próximos a ela. Se acontecer alguma coisa, nós vamos pagar o pato”.

Em noite de lua cheia é possível ver a torre com sinalizador desligado. Foto enviada por whatsapp.

Segundo Lúcia, a torre de telefonia está sem iluminação noturna há dois meses e ela teme por uma tragédia. “Antes a torre ficava com aquela luz vermelha acesa, mas desde novembro que não funciona. A noite é o momento que eu tenho mais medo porque é quando todo mundo está dormindo e desprevenido. Se acontecer alguma coisa, vai todo mundo embora sem nem saber porque”, desabafou.

Ela fez contato com a operadora de telefonia, mas não conseguiu solucionar o problema. “Já liguei para o 0800 Oi várias vezes e eles falam que vem. Anteontem estiveram umas pessoas ali mexendo na torre. Então eu pensei em esperar um pouquinho que talvez fosse haver a iluminação, mas não iluminou, não acendeu nada”.

Já na foto tirada no mesmo local em uma noite sem lua cheia não é possível visualizar a torre. Foto enviada pelo whatsapp.

A morada relatou que agora no verão o risco de acidentes é ainda maior porque da movimentação aérea no local e disse que quase não tem dormido direito. “No verão o perigo aumenta porque tem muitas pessoas usando drones e helicópteros que passam muito próximos. Eu tenho medo da hélice atingir alguma coisa ali no escuro porque a gente só vai ouvir a explosão, então a gente tem medo”.

Lúcia também pediu para que a empresa solucione o problema logo. “Meu apelo é que resolvam a situação da torre da Oi o mais urgente possível porque nós somos moradores e a gente não quer receber seguro depois de uma coisa que já foi feita, matou inocente. A gente não quer esperar isso acontecer, eles têm que tomar decisões logo e precisas, que estamos aguardando”.

A assessoria de comunicação da operadora Oi informou que uma equipe da empresa vai ao local e todas as providências serão tomadas para solucionar o problema.

Deixe seu comentário

Comments are closed.