A família do mototaxista, José Luiz Mota Filho, de 34 anos, passa por momentos difíceis. José Luiz sofreu um grave acidente de moto no última dia 20, e está em coma, por ter sofrido um tramatismo craniano e precisou também ter o antebraço direito amputado, por conta do trauma.

O mototáxi sofreu um grave acidente, está em coma e precisou ter o antebraço amputado.

A família , que até então era sustentada pelo trabalho do mototaxista, está passando dificuldade para visitar José Luiz, que está internado no Hospital São Lucas, na Grande Vitória. A irmã, Giovana Mota, diz a a mãe e cunhada não estão conseguindo cobrir os custos para visitá-lo todos os dias.

“Ele era a única renda da casa. Coração de mãe aperta e elas não querem deixar ele lá sozinho. E a passagem daqui para Vitória todo dia não fica barata. Ele está em estado grave, os médicos dizem que ele está cada dia pior. Já pegou pneumonia e anemia lá, além de tudo que já sofreu no momento do acidente. Não podemos abandoná-lo nesse momento tão difícil”, diz a irmã.

O acidente. Giovana conta como foi o acidente do irmão. “Ele estava com a esposa passando por Meaípe, quando veio um carro com o farol muito alto, ele achou que iria bater e jogou a moto para acostamento. Eles caíram numa vala, meu irmão já saiu de lá em coma e até agora nem sabe que perdeu o antebraço”, lamenta.

A família fez “vaquinha” virtual para receber doações que vão ajudar nos custos do transporte até  o hospital para visitas. Quem puder contribuir pode acessar esse site ou entrar em contato com a família através do telefone (27) 99700-3141.