A prefeitura de Guarapari finalizou a Concorrência Pública para escolher a empresa que vai fazer as obras de revitalização da orla da Praia do Morro. A empresa vencedora foi a SPLENDOR Empreendimentos Imobiliários Ltda, que ganhou a concorrência e vai executar o serviço pelo valor de 5.338.371,58 (cinco milhões, trezentos e trinta e oito mil, trezentos e setenta e um reais e cinquenta e oito centavos). O resultado foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (29).  

R$ 8 milhões. Quando lançou o edital, a expectativa da prefeitura era que a obra custasse cerca de R$ 8 milhões. Na obra estão incluídas a edificação de novos banheiros, guarda-corpo, revitalização da ciclovia, calçadão e quiosques. A expectativa é que tudo fique pronto em dezembro. A prefeitura explicou que a revitalização da orla se faz necessária para conservação dos bens públicos, visando melhorar a qualidade de vida dos moradores e turistas.

A empresa vencedora foi a SPLENDOR Empreendimentos Imobiliários Ltda, que ganhou a concorrência e vai executar o serviço pelo valor de 5.338.371,58. Foto Marcelo Moryan

Mudanças. Durante a obra as paredes de duchas serão demolidas e instalados guarda-corpos em aço inox no local. Os banheiros existentes também serão demolidos para que sejam construídos mais próximos dos quiosques, que passarão por reformas. As novas duchas ficarão dentro do banheiro. No lugar das estruturas de madeira da cobertura dos quiosques, será instalado pergolado em madeira ipê.  

 Enquete. Uma pequena enquete publicada no Facebook do Portal 27 no começo do mês, mostrou que a população acredita que os investimentos anunciados pela prefeitura na Praia do Morro merecem ser melhor avaliados. A enquete perguntava o seguinte: Você concorda com a Prefeitura de Guarapari investir R$ 8 milhões na reforma da Orla da Praia do Morro? Sim ou não?

Resultado. A enquete começou na segunda, 29 de abril, e terminou na quarta-feira (1) de maio. O resultado foi que a maioria não concorda com esse investimento. Boa parte pede mais investimentos na saúde. Foram 3,4 mil votos computados, sendo que 89% não concordaram com esse investimento na Orla. Outros 11% acham que a obra é necessária.

Comments are closed.