Em pleno andamento, as obras do terminal pesqueiro de Itaipava, entram em uma nova fase a partir deste mês. Somente na primeira fase, após mais de 13 anos de espera, o empreendimento gerou mais de 200 empregos diretos e contratará novos funcionários, sem prejuízo dos demais, a partir de outubro.

O terminal terá como finalidade o abastecimento de gelo e de óleo diesel, oficina para barcos, escola náutica, beneficiamento de pescado, centro administrativo e centro de apoio aos pescadores. O local tem capacidade para atender não só as cerca de 400 embarcações locais, mas também o fluxo das cidades vizinhas, totalizando um total de 7.850 m².

Somente na primeira fase, após mais de 13 anos de espera, o empreendimento gerou mais de 200 empregos diretos.

Os pescadores da região, há muitos anos, enfrentam dificuldades por causa da falta de lugar estruturado para as embarcações. Os barcos ficam ancorados perto da areia e, às vezes, eles precisam esperar a maré alta para pode atracar. Sem falar que, em vez de desembarcar em outros lugares, com o terminal pesqueiro, mais barcos atracando em Itaipava trarão mais clientes para restaurantes, pousadas, comércio e demais setores que fomentam a economia local.

Para o pescador Gentil Marvila “Esse cais aí vai beneficiar bastante o lado da gente, ainda mais para descarga, que o peixe já sai, praticamente, para o caminhão. A gente não precisa se molhar, não precisa carregar peixe nas costas”.



Os pescadores da região, há muitos anos, enfrentam dificuldades por causa da falta de lugar estruturado para as embarcações.

A estrutura permitirá “Essa obra é um sonho para os pescadores de Itapemirim. Vai trazer dignidade para a pesca, para o pescador, pois trará mais conforto e comodidade aos trabalhadores. Nós só temos que agradecer e dizer que o sonho está próximo de ser realizado”, comenta o secretário de Aquicultura e Pesca, José Arthur Marquiole.

 “O Terminal Pesqueiro é uma obra de infraestrutura de grande importância para a cidade de Itapemirim e toda a região sul do espírito Santo, pois vai oferecer condições para um crescimento relevante ao setor pesqueiro da região. Estamos executando hoje os serviços de fundação da obra, e que vai agora, com o incremento aprovado pela atual gestão, abrir novas frentes de serviços e consequentemente, novos postos de trabalho. A partir de outubro devemos admitir 50 colaboradores para a obra e a programação é abrir mais 100 vagas até Janeiro /18.” Afirmou Flávio Gontijo, diretor da Construtora JRN, responsável pelo empreendimento. 

São aproximadamente 150 novas vagas para contratação direta e imediata, sendo a maior parte para trabalhadores da construção civil. Os interessados deverão comparecer ao Terminal Pesqueiro com currículo e documentos para já agendarem entrevista.

Institucional Karla
Institucional MAllagutti
Institucional Basic Idiomas
Banner Marcelo
Institucional M Conveniências [banner top]

Institucional Flex Motors [banner final]
Dia D Docutum


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here