Foi por insatisfação popular, que o vereador Presidente da Câmara Municipal de Guarapari declarou na tarde desta terça-feira (27), que desistiu neste momento de implantar a Taxa de Preservação Ambiental através de pedágio nas três entradas da cidade. O vereador Wanderlei Astori arquivou o Projeto de Lei, e cancelou a audiência pública marcada para dia 5 de Novembro.

Wanderlei Astori
Vereador arquivou o Projeto. Foto: Roberta Bourguignon.

Segundo ele, tal medida de arquivamento da matéria, mostra o respeito que ele tem com à opinião de cada cidadão. “Informamos que a Câmara Municipal está empenhada e irá buscar formas de garantir a qualidade de vida dos cidadãos Guaraparienses, construindo uma cidade atrativa para os turistas que visitam a nossa cidade”, disse em nota à imprensa.

Projeto. O projeto gira em torno de uma cobrança por veículo que entrar na cidade com placa de fora, e foi protocolado na câmara há cerca de duas semanas. Mas antes de qualquer aprovação por parte dos vereadores, até uma audiência pública foi agendada pelo autor do projeto, mas antes da população geral apresentar opiniões, o vereador desistiu. A proposta de valores do projeto é de R$3 para motos, R$6 para carros de passeio e R$9 para ônibus de turismo.

Deixe seu comentário