Através de uma denúncia anônima feita através do disque Denúncia 181, as Polícias Civil e Militar de Guarapari apreenderam mais de 2.800 pinos de cocaína em uma chácara no bairro Village do Sol.

Na tarde de hoje policiais civis da Deic e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) saíram para confirmar a veracidade da denúncia. Com o apoio da Força Tática da PM e do cão farejador Mike, os policiais chegaram ao endereço informado na denúncia e não tiveram problemas para encontrar as drogas enterradas, pois o cão policial logo apontou para o esconderijo.

Os pinos estavam enterrados em uma chácara em Village do Sol, em Guarapari, e foram encontrados com ajuda de um cão farejador.

Um homem que tomava conta do imóvel foi preso, mas nega ter conhecimento de que no local havia aquela quantidade de drogas.

“Mataram meu filho e mais dois rapazes em Boa Vista, em Vila Velha, e o dono desta chácara me ofereceu R$ 500,00 e comida para eu tomar conta da chácara. Ele aparecia a cada vinte, trinta dias com a esposa e passava o fim de semana. Não sabia que tinha drogas lá”, se defende Fernando José da Silva, 49 anos.

Mas para a polícia ele tinha conhecimento de que o local era usado como depósito para traficantes do Bairro Bela Vista, em Vila Velha.

Além dos 2.838 pinos de cocaína prontos para a venda, que nas bocas renderiam R$ 56.760,00, além de mais 1,3 quilos de cocaína, que no mercado do tráfico está avaliado em cerca de R$ 30 mil, além de meio quilo de pasta base de cocaína, que os policiais não souberam dizer quanto custa no mercado do tráfico de drogas.

Veja o vídeo do momento em que as drogas são encontradas pelo cão Mike:

Deixe seu comentário