Aconteceu na manhã de terça-feira (30) uma reunião entre o prefeito Edson Magalhães (PSDB) e representantes das agroindústrias do município para discutir o avanço do seguimento em Guarapari e outras melhorias para geração de renda. 14 proprietários de agroindústrias de produtos de origem animal nos segmentos de leite, ovos, carnes, pescados e mel foram recebidos no gabinete pelo prefeito.

Registro. Dentre os assuntos abordados na reunião, os produtores que já regularizaram suas agroindústrias, relataram a concorrência desleal que estão sofrendo por conta da venda no mercado local de produtos sem registro em órgão de inspeção que, em sua maioria, são de outros municípios.

A prefeitura esclareceu que já aprovou a Lei Municipal Nº 4142/2017 que regulamenta a organização das feiras livres municipais e encontra-se em fase final da elaboração do edital de processo seletivo para permissão do uso de espaço em bem público nas feiras livres do Centro e Muquiçaba, para melhor ordenamento e fiscalização.

Aconteceu na manhã de terça-feira (30) uma reunião entre a administração e representantes das agroindústrias do município para discutir o avanço do seguimento em Guarapari e outras melhorias para geração de renda.

Ainda, em breve será publicada a nomeação do Supervisor de Feiras e Mercados que ficará responsável pela aplicação do novo regulamento de funcionamento das feiras bem como o plano de ações e fiscalização dessa comercialização no mercado local.

Ticket Feira. Como um dos encaminhamentos propostos, caberá à equipe do Serviço de Inspeção Municipal – S.I.M, juntamente com outros setores da administração municipal, elaborar e apresentar um Plano de Ação de combate a clandestinidade no município.

Durante a reunião, também foi abordada mudança no Ticket Feira que passará a ser na modalidade de cartão magnético para impedir que o mesmo seja desvirtuado de seu objetivo inicial, que é de ser direcionado exclusivamente a feirantes produtores rurais.

Outra importante discussão que surgiu, foi sobre a possibilidade de se envolver as faculdades e o Instituto Federal do Espírito Santo – IFES de Guarapari na criação de uma incubadora de agronegócios, para apoio técnico na estruturação das agroindústrias do município.