O prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PSDB), usou a rede social no dia 28 de fevereiro para prestar a sua solidariedade a vereadora Rosângela Loyola (PDT), que foi afastada de suas funções, após uma CPI ser aberta na Câmara para investigar as declarações que ela deu contra os colegas.

Em um dos seus perfis no Facebook o prefeito disse “Vereadora Rosângela, tenho orgulho de você. Nunca desista de seus ideais. Pessoas de fibra como você, sempre serão bem-vindas na política. Espero que tudo possa ser esclarecido e seu retorno ao Legislativo seja o mais rápido possível, através da justiça e sobretudo com as graças de Deus”, escreveu o prefeito.

prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PSDB), usou a rede social no dia 28 de fevereiro para prestar a sua solidariedade a vereadora Rosângela Loyola (PDT)

Verdade. Ainda em parte da mensagem ele fala que. “Toda verdade dói, e deve ser compartilhada por aqueles que têm sede de justiça. Você é mãe, guerreira, simples, honesta, trabalhadora e firme. Conte com o meu apoio. O Brasil está mudando. Guarapari também irá mudar com boas atitudes e coragem. Minha solidariedade”

Telefonema. Apesar desta mensagem na rede social, o Portal 27 apurou que até o final da mesma quinta feira (28), a vereadora, que é da base de apoio ao prefeito, confidenciou a algumas pessoas que não havia recebido nenhum telefonema e muito menos conseguido falar diretamente com o prefeito.

Seis meses. Com a abertura da CPI Rosângela Loyola ficará afastada de suas funções por até seis meses (180 dias). Se ela não conseguir provar as acusações de corrupção que ela afirmou ter havido para a eleição da nova mesa diretora, poderá ser cassada definitivamente pelos colegas.  No seu lugar deve tomar posse o primeiro suplente da coligação, que é Fábio Veterinário (PV)

Deixe seu comentário

Comments are closed.