Durante sessão na tarde de ontem (2), a Câmara Municipal de Guarapari aceitou duas denúncias feitas contra a prefeitura. Elas foram protocoladas por Jorge Egbert Weyting Júnior, mais conhecido como Jorge Anjos, que é presidente da Ong Transparência Guarapari. Agora as denúncias vão se tornar duas CPIs para investigação dos fatos.

CPI. As denúncias tratam de supostas irregularidades com relação ao pagamento de uma empresa que recebeu, mas não teria feito o serviço de asfaltamento em diversas ruas de Guarapari no ano de 2012. A outra denúncia trata de um suposto esquema de corrupção dentro da Secretaria de Turismo, envolvendo um Rachid no pagamento de artistas e bandas e teria ocorrido nessa atual gestão.

Contra. Foram contra a abertura da CPI do asfalto os vereadores da base do prefeito: Dito Xaréu (SDD), Rosângela Loyola (PDT), Sandro Bigossi (PDT), Kamila Rocha (DEM), Wendel Lima (PTB) e Zé Preto (Podemos). Na CPI dos shows, tirando Kamila Rocha (DEM), todos da base votaram contra.

Ainda na tarde de ontem, o presidente da Câmara, Enis Gordin (PRB), deu uma coletiva para a imprensa e explicou os trâmites desta denúncia dentro da casa de leis. Confira.

Deixe seu comentário