Um ladrão invadiu um apartamento em obras no último sábado (11) e furtou diversas ferramentas do local. O que chamou a atenção das vítimas é que o homem sabia exatamente onde as ferramentas estavam e que não teria ninguém no local naquele momento.

O crime aconteceu pouco tempo depois dos operários encerrarem os trabalhos. O empreiteiro que está cuidando da obra contou como o homem conseguiu entrar no prédio.

“Nós estamos fazendo um trabalho na cobertura do prédio e trabalhamos pela manhã. Deixamos as ferramentas no local, pois retornaríamos na segunda-feira. Esse cara do vídeo tocou o interfone de um apartamento que fica em frente ao que estávamos trabalhando e falou que tinha esquecido a carteira e que precisava entrar no prédio. O morador acreditou nele e abriu a portaria”, conta o homem que preferiu não se identificar.

O suspeito sabia que a porta do apartamento estava aberta e ao chegar, o morador que abriu a portaria ainda ficou na porta esperando para ver se era verdade. “Como os operários chegam cedo na segunda, a porta fica aberta. Ele fingiu que estava abrindo com a chave e entrou no local. Em quatro minutos ele levou todas as ferramentas de valor, tanto minhas como do eletricista que também estava fazendo trabalhando lá”, explicou o empreiteiro.

Pelos vídeos é possível ver quando o suspeito entra no edifício, vasculha o apartamento e sai logo depois com várias sacolas na mão. “Eu estou oferecendo uma recompensa de R$ 300,00 para quem tiver informações para identificar e localizar este cara. Qualquer informação deve ser passada para a Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Guarapari”, disse a vítima do furto.

A preocupação das vítimas é de que as informações que ajudaram o ladrão a cometer o crime tenham sido dadas por alguém que trabalha com eles, já que o suspeito sabia exatamente como proceder e onde estariam as ferramentas. 

“Nossa preocupação é de que seja alguém próximo a nós e que ele tente outras vezes, por isso é importante prender esse cara. Se alguém souber quem ele é, por favor avisa a polícia”, finalizou.

Comments are closed.