O ex-deputado federal Capitão Assunção está foragido.  Ele é acusado de incitar o motim dos policiais militares pela internet e teve a prisão decretada na última sexta- feira(24) pela Vara de Auditoria Militar.

Soldado Maxsom Luiz e o Capitão Assunção são considerados foragidos.

Além dele, é considerado foragido o soldado Maxsom Luiz da Conceição. Maxsom é presidente da Associação Geral dos Militares (Agem-PMBM ES). Ontem (27), o sargento Aurélio Robson Fonseca da Silva, conhecido como sargento Robson, que também estava sendo procurado, se apresentou voluntariamente à Corregedoria da PM. Ele está preso no Quartel do Comando Geral da PM, em Maruípe.

Outro que também se entregou foi o tenente coronel Foresti que está preso no quartel da Polícia Militar de Maruipe, desde o último domingo (26).  Ele se entregou a PM de Itaperuna, no norte do Rio de Janeiro. Todos eles são acusados de motivar a paralisação dos militares e estão com mandado de prisão em aberto e são considerados foragidos.

Deixe seu comentário