Uma tonelada de maconha foi apreendida na tarde de hoje (13) no distrito de Boa Esperança, na Zona Rural de Guarapari. Parte desta droga estava sendo transportada em um carro da Prefeitura de Itapemirim por Daniel Pedrosa, 36 anos, que também é funcionário de Itapemirim.

A caminhonete da Prefeitura de Itapemirim era usada para transportar vários quilos de maconha na carroceria. Foto: João Thomazelli/Portal 27
A caminhonete da Prefeitura de Itapemirim era usada para transportar vários quilos de maconha na carroceria. Foto: João Thomazelli/Portal 27

A operação foi desencadeada pela Policia Civil de Guarapari e contou com o apoio de policiais militares do 10º Batalhão (Guarapari). Ao todo cerca de 30 policiais participaram da operação, que contou ainda com um helicóptero e cães farejadores.

“Nós começamos a investigar esta quadrilha há cerca de quatro meses e só para localizar o sítio onde a droga estava escondida, foram pelo menos duas semanas”, explicou o delegado Franco Malini.

Após monitorarem o sítio por alguns dias, no começo da tarde de hoje os policiais receberam a informação de que parte da droga seria transportada e foram para o local.

Cenenas de tabletes de maconha, totalizando mil quilos foram apreendidos em Boa Esperança na tarde de hoje. Foto: João Thomazelli/Portal  27
Cenenas de tabletes de maconha, totalizando mil quilos foram apreendidos em Boa Esperança na tarde de hoje. Foto: João Thomazelli/Portal 27

“A estrada é muito irregular e íamos em direção ao sítio quando nos deparamos com a caminhonete da prefeitura de Itapemirim saindo do sítio. Além do detido, outros dois homens estavam no veículo. Quando eles nos viram, pararam a caminhonete a uma certa distância e o Daniel pegou uma prancheta e tentou disfarçar, nos perguntando do que se tratava. Enquanto ele falava conosco os outros dois fugiram’, contou o delegado Vinícius Landeira, que comandou a operação.

A droga estava dentro de sacos plásticos na carroceria da caminhonete, às vista de todos. Depois de prender o funcionário público, os policiais foram até o sítio e em uma caixa d’água de três mil litros enterrada no chão, foram encontrados centenas de tabletes de maconha. Uma escopeta calibre 12 e uma espingarda também foram apreendidas. Os donos do sítio não foram encontrados.

 

“O local onde estava a droga é de difícil acesso e fica no meio da mata fechada. Foi possível ver de onde tinha sido retirada a droga que estava com o detido. Um pouco mais à frente, vimos outra clareira e um pouco de terra remexida. Enfiamos uma faca no chão e sentimos bater alguma coisa. Daí foi só cavar e encontramos a droga”, explicou Landeira.

O funcionário público Daniel Pedrosa transportava vários quilos de maconha em um carro da Prefeitura de Itapemirim. foto: Foto: João Thomazelli/Portal 27
O funcionário público Daniel Pedrosa transportava vários quilos de maconha em um carro da Prefeitura de Itapemirim. foto: Foto: João Thomazelli/Portal 27

Era tanta maconha, que a droga teve que ser levada para um supermercado para ser pesada. Já na delegacia, o detido estava chorando muito e disse que ganharia R$ 1 mil para transportar a droga. Veja o vídeo abaixo. Mas os policiais que investigam o caso afirmam que Daniel é um traficante e que teria comprado a maconha que foi apreendida com ele.

“Nós podemos afirmar que o Daniel é um fornecedor de maconha. Ele compra a droga da quadrilha que armazena no local da apreensão e distribui para a região de Itapemirim e cidades vizinhas”, taxou Landeira.

O delegado disse ainda que a maconha apreendida vem da baixada santistas, no Estado de São Paulo e depois de armazenado aqui em Guarapari, era vendido para vários vendedores. O delegado afirmou que outras prisões podem acontecer nos próximos dias.

Deixe seu comentário