O vereador Manoel da Ki-Delícia (PT) aproveitou seu tempo na tribuna hoje (13) para fazer uma grave denúncia contra a Prefeitura de Guarapari, mais especificamente, contra a Secretaria de Saúde. Segundo o parlamentar, a Saúde tem feito descarte irregular de materiais como seringas, remédios, prontuários e etc.

Vereador fez denúncia durante a sessão e se encaminhou ao Ministério Público. Foto: Jamille Scopel.
Vereador fez denúncia durante a sessão e se encaminhou ao Ministério Público. Foto: Jamille Scopel.

Manoel apresentou três vídeos em que é possível ver o brasão da prefeitura em objetivos e nome de unidades de saúdes e CRAS da cidade. Ainda de acordo com o vereador, o descarte era feito em um lixão ilegal do bairro Itapebussu, local aonde os vídeos teriam sido gravados.

Após fazer a denúncia, ele apresentou um ofício ao presidente da Câmara e se encaminhou ao Ministério Público do Espírito Santo, em Vitória, levando vídeos e uma caixa com medicamentos e documentos que, segundo ele, são provas da irregularidade.

Ao sair da Câmara ele ainda afirmou: “Um crime já fica claro, que é o descarte irregular. Vamos pedir que o Ministério Público agora apure se há outras irregularidades e puna quem precisar ser punido”.

Confira abaixo o momento em que o parlamentar fez a denúncia na Casa de Leis.

Resposta

Procuramos a Prefeitura para que a mesma pudesse se defender e, até mesmo, explicar a denúncia e recebemos a seguinte nota: “Assim que tomou ciência do fato a Secretaria Municipal de Saúde – SEMSA esteve no local. Todo o material descartado está sendo averiguado. Tal prática é condenada pela SEMSA, tendo em vista que os medicamentos do município não são descartados e, sim, devolvidos aos fabricantes antes mesmo do vencimento. Ainda, assim, o caso será investigado.”

Deixe seu comentário