Na tarde de ontem (07) o ex-jogador de futebol Zico concedeu uma entrevista coletiva aos jornalistas da cidade no Hotel Porto do Sol para dar mais detalhes sobre o convênio firmado entre o seu projeto, o “Golaço Social – Escola Zico 10”, e a prefeitura de Guarapari.

O contrato firmado entre o projeto e a prefeitura é de uma ano e custou R$ 180 mil. A média é de R$ 100 por aluno. Inicialmente serão formadas seis turmas de 25 alunos cada. Todo o material usado na escolinha, uniformes e chuteiras, por exemplo, além dos salários dos profissionais serão custeados pelo projeto. Os alunos não terão nenhum custo.

Zico concedeu entrevista coletiva e explicou como vai funcionar a escolinha. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Zico concedeu entrevista coletiva e explicou como vai funcionar a escolinha. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Os alunos serão selecionados na rede pública de ensino levando em consideração dois requisitos principais: As notas e a frequência escolar. “O objetivo do projeto não é formar jogadores e sim cidadãos. Temos que dar incentivos para que o aluno fique na escola e se esforce, e para ele participar do projeto ele precisa frequentar as aulas e tirar boas notas, se esforçar”, explicou Zico.

“Se algum aluno se destacar e quiser seguir a carreira esportiva, ele não vai “pertencer ao Zico”. Ele pertence aos pais dele”, brincou o ex-jogador.

Confira abaixo trechos da entrevista coletiva:

 

Deixe seu comentário