A situação da escola é crítica pois além da recém chegada energia elétrica, o abastecimento de água também é provisório. Uma escola pública do município de Itapemirim, após 40 anos finalmente recebeu energia elétrica. Neste período, os alunos estudavam apenas com a luz natural advinda das janelas das salas de aula.

Com a chegada da energia elétrica, foram providenciados pela prefeitura equipamentos básicos como refrigeradores, iluminação e geladeira e a Prefeitura de Itapemirim informou que será construída uma nova escola na região.O colégio fica na comunidade de Sapucaia, e por lá passaram muitos estudantes e todos eles estudaram sem energia elétrica.

71f24aaef6833e1021962f7cf54a34f8ef1d7e1b
Além da falta de energia, a água que chega na escola é de uma propriedade rural

Além da falta de energia, a água que chega na escola é de uma propriedade rural. Antes da chegada de energia a merendeira Luceni Silva fazia os sucos para os alunos em casa. “Eu preparava um dia antes e congelava em garrafas pet para chegar na escola gelado”, disse Luceni.

De acordo com informações, a escola vai receber aparelhos eletrônicos para a didática dos alunos. Pais dos alunos e a comunidade estão felizes com a chegada da eletricidade na escola. “Os olhos do meu filho brilharam com a novidade. Mais do que a energia é o reconhecimento dos alunos como cidadãos”, contou a dona de casa Carla Wandermurem.
A Prefeitura de Itapemirim informou que existe um projeto de compra de um terreno para ser construída uma nova escola. Mas não há previsão.

Deixe seu comentário