As recentes mortes de crianças em Guarapari, que causaram comoção em toda cidade, levaram a Câmara Municipal de Guarapari a se manifestar sobre o assunto. A vereadora Kamilla Rocha, que é presidente da Comissão de Saúde da Câmara, disse que vai pedir uma auditoria para saber o que está acontecendo nos atendimentos do Hospital Francisco de Assis (HFA).

Vereadora Kamilla Rocha, que é presidente da comissão de saúde da Câmara.

Auditoria. Ao Portal 27 a vereadora explicou que entrou com o pedido de auditoria. “Já fizemos um requerimento pedindo uma auditoria entre a Secretaria de Saúde, HFA e demais vereadores, para que possamos averiguar o que está acontecendo. Esse requerimento deve ser aprovado na próxima quinta-feira. Após essa auditoria, caso encontremos alguma irregularidade, certamente podemos pedir a abertura de uma uma CPI, para que os possíveis responsáveis sejam penalizados”, disse a vereadora.  

A vereadora, que é enfermeira, diz que é preciso averiguar tudo com muita calma. “Temos que saber e verificar todas as situações. É falha do médico? Porque os enfermeiros e técnicos só fazem o que o médico determina.  É falta de recursos? O que pode ser? Só essa auditoria vai nos mostrar os fatos para que possamos ter um verdadeiro panorama destas situações que estão ocorrendo”, finalizou.

Presidente da Câmara, Wendel Lima (PTB)

O presidente da Câmara, Wendel Lima (PTB), também apoia a auditoria. “Como vereadores devemos cumprir nosso papel e zelar pelo bem-estar da população, principalmente pelas crianças. Sou totalmente a favor da auditoria e se necessário vamos abrir uma comissão de investigação”, afirmou. 

Relatório. O vereador Denizart (PSDB) se manifestou na última quinta-feira no plenário da Câmara e afirmou que. “Entrei com um oficio solicitando todos os problemas ocasionados no HFA, para saber o que está acontecendo e porque esses problemas vêm ocorrendo lá. Eu pedi um pente fino deles e aguardo uma resposta para que eu possa trazer essas informações na próxima quinta nesta casa de leis”, disse o vereador no plenário.

O vereador Denizart (PSDB) se manifestou na quinta-feira no plenário da Câmara. Foto: Cecília Rodrigues.

Antes de conseguir falar com a vereadora, fizemos contato ainda com a assessoria de imprensa da Câmara que que nos informou que:  

“A Câmara Municipal de Guarapari, por meio do Presidente Wendel Sant’ana Lima, informa ao Portal 27,que em face do número de mortes que vem ocorrendo no Hospital Infantil “Francisco De Assis”, a COMISSÃO PERMANENTE DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL, que é integrada por sua Presidente, Vereadora Kamilla Rocha, a relatora Paulina Aleixo Pinna e Rosangela Loyola como membro, já adotou todas as medidas possíveis no uso de suas atribuições regimentais e legais, para que se, comprovado qualquer indício de ineficiência do serviço prestado à população, de forma coletiva, o Poder Legislativo Municipal, por meio de todos os Vereadores, irá apurar as responsabilidades e irregularidades para que posteriormente possa solicitar que o Poder Executivo Municipal, não meça esforços para adotar todas as medidas cabíveis que estão ao seu alcance, pois trata-se de um hospital geral filantrópico, com parceria de atendimento firmada entre iniciativa privada, Governo do Estado e Prefeitura Municipal.”

 

Comments are closed.