Pensando na economia e na preservação do meio ambiente, o Centro de Detenção Provisória da Serra (CDPS) decidiu reduzir o uso de copos descartáveis na unidade. A ideia surgiu dos internos que atuam no setor de Almoxarifado e já está em funcionamento há dez dias. Eles criaram canecas personalizadas, com o nome dos servidores, para diminuir o consumo do material descartável no lixo, que somava 300 unidades por dia.

A ideia surgiu dos internos que atuam no setor de Almoxarifado e já está em funcionamento há dez dias.

Utilizando uma máquina de impressão doada à unidade prisional, servidores levaram suas canecas que ganham nome e uma arte personalizada. Após a ação, a unidade passou a gastar menos que dez copos descartáveis por dia.

O diretor do CDPS, Cláudio Nienke, disse que é louvável a atitude, pois além de colaborar com a economia de recursos públicos, conscientiza os frequentadores do Centro de Detenção Provisória da Serra sobre o nosso dever de defender e preservar o meio ambiente para as presentes e futuras gerações.

Deixe seu comentário