Antes de mais nada, este é um artigo de opinião, pois muitos confundem uma matéria, que é a informação de um fato, com uma opinião, ou seja, a análise de um fato. Dito isto, quero começar este artigo com a seguinte frase: “Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha.”, frase essa, atribuída ao personagem Rocky Balboa, um clássico do cinema interpretado por Silvester Stalone.

Tenho pensado ultimamente, em quanto o deputado estadual e ex-prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PSD), pode suportar as acusações, críticas e diversas situações políticas em que tem sido envolvido nos últimos meses em nossa cidade.

Edson2
O fato é que nos últimos meses o nome do deputado esteve no centro das atenções e discussões de forma negativa.

Viés de baixa. Acusado de ter criado um projeto de rodoviária sem estudo, acusado de obrigar a venda de parte de um terreno desta mesma rodoviária para a Itapemirim, acusado de dar placas de taxis de forma ilegal e com contas rejeitadas e recorrendo do Tribunal de Contas, a situação não anda nada boa para o deputado, que é pré-candidato a prefeito de Guarapari.

Mas, impassível, ele não comenta esses assuntos e limita-se a responder essas acusações através de notas de sua assessoria e nada mais. Manda emissários para veículos selecionados, para que respondam em seu nome e só. O fato é que nos últimos meses o nome do deputado esteve no centro das atenções e discussões de forma negativa.

Para mim, parece que ele não se deu conta da situação. O deputado aparenta estar preocupado apenas com a Samarco e com o desemprego gerado pela paralisação da empresa. Elegeu essa como a sua maior bandeira política e praticamente só tem falado sobre isso.

EdsonDeputado
O deputado aparenta estar preocupado apenas com a Samarco e com o desemprego gerado pela paralisação da empresa.

Será que essa é a melhor estratégia para aquele que é o favorito para ganhar as eleições em Guarapari? Será que Edson é assim tão forte, que acredita que não está sofrendo desgaste em sua imagem, que é preciso somente ignorar todas essas situações em que seu nome está envolvido?

Eu, sinceramente, acredito que Edson vai disputar as eleições, pois o processo dele no Tribunal de Contas parece que ficará travado até o registro da candidatura em 15 de agosto. Mas, creio que a falta de reação dele agora, do ponto de vista político/estratégico, causou um grande desgaste em sua imagem.

Mesmo sendo um campeão de votos, entendo que os golpes sofridos nos últimos meses, causaram um dano muito difícil de reverter na imagem do campeão imbatível que Edson sempre foi. A luta começou, Edson tomou os primeiros golpes e não reagiu à altura.  Os adversários comemoram. Aguardemos os próximos Rounds para saber como estará o preparo do campeão.

Deixe seu comentário