Na manhã desta terça-feira (05) um homem não identificado passou mal na escadaria da Caixa Econômica Federal, na Rua Getúlio Vargas, no Centro e teve que ser levado por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), porque segundo eles, o Serviço Móvel de Urgência (Samu) não apareceu para prestar socorro. 

Uma testemunha, que preferiu não ser identificada, relatou que “o homem se batia de dor e foi amparado por diversas pessoas, que com medo dele se ferir até colocaram um pedaço de papelão em baixo da cabeça dele”, afirmou a testemunha. 

Segundo uma testemunha, o Samu foi chamado por várias pessoas, mas não apareceu para prestar socorro. Foto: Whatsapp.

Ela disse ainda que o Samu foi chamado por várias pessoas, mas a ambulância não apareceu. “Várias pessoas ligaram para o Samu. Um senhor ligou e eles disseram que não podiam atender as pessoas na rua. Ele ligou outras vezes e desligaram na cara dele”.

Segundo a testemunha, como a ambulância não apareceu, o homem foi levado por populares para a UPA. “Ele ficou ali pelo menos meia hora esperando socorro. Até que apareceu um Audi preto e o pessoal colocou ele no porta–malas e levou para a UPA”.

O Portal 27 procurou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), que é responsável pelo Samu, para saber porque o atendimento não foi realizado, mas até o fechamento dessa matéria não recebeu nenhuma resposta.

Estado de saúde. Nossa reportagem também procurou a Secretaria Municipal de Saúde para saber sobre o estado de saúde do homem e foi informada que “O paciente deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento de Guarapari ( UPA) nesta terça-feira (05) passando por triagem e atendimento por profissional médico, tendo sido medicado e já liberado”.

Atualizado às 18h45. A Sesa informou que “A coordenação do Samu 192 está apurando o caso”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.