Durante o lanche da tarde do delegado Marcos Nery e um agente da polícia civil, eles avistaram dois rapazes em atitude suspeita e resolveram acompanha-los.

Tiago foi liberado da prisão em novembro do ano passado.

Em uma casa da Rodovia do Sol, na altura do bairro Aeroporto, um menor de 16 anos pegava um pino de cocaína no interruptor enquanto o maior, Tiago Felipe Ferreira Porto, 20 anos, olhava a cena.

Todo o material foi encontrado no quarto do menor.

Durante abordagem policial, os dois levaram o delegado e o agente da polícia civil até o quarto do menor. No local, foram encontrados um revolver calibre 38, 5 munições intactas, 25 pinos de cocaína cheios e 45 pinos vazios.



“Depois que algemamos eles, enquanto fazíamos a revista, os dois ainda tentaram fugir pelos fundos da casa que tem acesso à rua de trás, mas conseguimos alcança-los”, disse o delegado.

Tiago foi preso em janeiro de 2016 por tráfico de drogas e, em novembro do ano passado o jovem recebeu alvará de soltura. Além do tráfico, Tiago também é investigado por homicídios e já roubou a arma de um policial.

 

Institucional Basic Idiomas
Institucional MAllagutti
Institucional M Conveniências [banner top]
Banner Marcelo
Institucional Karla

Institucional Flex Motors [banner final]
Dia D Docutum


5 COMENTÁRIOS

  1. O problema do nosso pais é que as leis que punem os bandidos foram feitas por bandidos, para que eles mesmos possam escapar.

  2. Não deveria dizer traficantes em vez de jovem, jovem eles são, porem o contexto que se fala a reportagem é sobre bandidos traficantes. Essas pragas são a escoria desta sociedade podre e corrupta que o Brasil vive, muito liberalismo e não me toque! Bolsonaro 2018!

  3. Vão prender e soltar quantas vezes? até matar alguem?

    por que não mata este traste?

    BOLSONARO 2018. única esperança para que vagabundos como esses fiquem presos e não matem alguém que pode ser da SUA família.

    pense bem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here