A policia civil de Guarapari, prendeu na manhã de hoje (13), Luiz Henrique Batalha,36, que é acusado mandar matar o  professor Maurício Conti,  de 40 anos,  em uma escola de Santo André, São Paulo.

Hoje pela manhã, a policia de Santo André entrou em contanto com o DPJ de Guarapari, informando que Batalha estaria vindo para Guarapari.

CAM01584
Luiz Henrique Batalha em foto divulgada pela policia.

“A ocorrência era de que o cidadão estava com mandado de prisão em aberto, e estaria vindo para Guarapari em uma captiva preta”, disse o delegado Guilherme Sodré. No entanto, a ocorrência não foi confirmada, pois Batalha veio de ônibus.

A polícia começou as buscas pelo cidadão em pousadas da Praia do Morro e nas primeiras pousadas, ele já foi encontrado. “Inicialmente, o recepcionista não reconheceu a foto, por não estar presente no momento em que Luiz Batalha se instalou. Mas, o hospede desceu e o recepcionista o reconheceu, acionando a polícia”, conta o delegado.

O crime aconteceu no dia 7 de novembro, em uma escola em que o professor Maurício Contis dava aula há 15 anos. Ele foi assassinado brutalmente, com um tiro na cabeça. Batalha é ex- marido de Danielle Silva. Depois de dois anos separados, ela passou a viver com Maurício, de quem estava grávida de quatro meses, quando Maurício foi morto.

Casal
Danielle Silva é ex-mulher de batalha. Foto reprodução TV.

O crime passional, aconteceu no estacionamento do colégio. Batalha mandou assassinar Maurício, pois  nunca aceitou o fim do relacionamento com Danielle, e ainda brigavam na justiça por partilha dos bens.

professor
professor Maurício Conti foi morto por ciumes. foto reprodução TV

Luiz Henrique é dono de uma construtora e gerente de uma agencia do CityBank. O filho do casal foi registrado por Batalha, mas aos seis anos, Batalha resolveu fazer DNA do suposto filho e foi comprovado que este não era seu.

Suspeitos
Estes dois já foram presos.

Duas pessoas já foram presas e a polícia ainda está em busca do atirador. A prisão do mandante foi feita em Guarapari. Mas o delegado aguarda a polícia de Santo André buscar Batalha. Com eles foram encontrados quase três mil reais em dinheiro, talões de cheque, passaporte,cartões e um notebook.

retrato falado
Policia de SP divulga retrato falado do criminoso

Veja uma matéria completa sobre o caso no programa Cidade Alerta de SP

Deixe seu comentário