A estudante, Vanesa Soledad, de 25 anos, acabou desistindo de tentar uma vaga no Bolsa Família, programa assistencial do Governo Federal. De acordo com a estudante, mesmo chegando de madrugada, e conseguindo uma das fichas de atendimento, Vanesa, pelo cansaço, acabou cochilando e perdendo sua vaga no cadastramento.

O atendimento da Central do Cadúnico começa às 07h da manhã, mas a estudante afirma que os funcionários orientam que as pessoas cheguem as 04h para conseguir uma ficha. “ Eu cheguei as 03h40 e já tinha gente dormindo na calçada. É desumano! E são distribuídas 45 senhas, mas na fila tem muita mais gente do que isso! A maioria das pessoas enfrentam a fila e vão embora sem atendimento”, lamenta a estudante.

Ainda de acordo com a estudante, em todos os dias de atendimento a fila é grande e não tem estrutura para que os candidatos à bolsa do governo aguardem por atendimento. “ São idosos, pessoas com crianças pequenas, todos esperando desde a madrugada para conseguir uma ficha. Tem pessoas que dormem nas calçadas. É muito humilhante”, conta Vanesa.

Vanesa reclama que não há estrutura para aqueles que aguardam na fila.

Ela ainda reclama que mesmo a Central do Caúnico funcionando de segunda a sexta-feira, o cadastramento para o Bolsa Família só vai até a quinta. Para a estudante, se houvesse cadastramentos em todos os dias de expediente desafogaria a fila dos outros dias em que é feito o cadastro. “Eu não entendo porquê de não fazerem o cadastro em todos os dias que estão abertos. Se fizessem, não ficariam tão lotados os outros dias” afirma Vanesa.

Resposta da prefeitura. Em decorrência da forte crise financeira que afeta todo o país, tanto nos setores públicos como privados, houve um aumento da demanda na Central de Cadastro Único e Bolsa Família. Este aumento também coincide com a recente distribuição dos kits de antena e conversor digital destinado aos beneficiários de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros. Muitas pessoas que não tinham cadastro, tem buscado a central de forma a obter este benefício.

Entretanto, tal fato não justifica a espera antecipada por senhas de atendimento ou ocorrência de filas, uma vez que nesta gestão foi realizada a readequação dos horários de atendimento, ampliação de dias, além do aumento do número de atendimentos. Hoje são distribuídas 45 senhas para atualizações, transferências e novos cadastros, entretanto, com o retorno de funcionários que estavam de férias, já há previsão do aumento desta oferta.

Comments are closed.