A partir de março de 2020, segundo o Decreto Federal 9.278, todos os brasileiros devem emitir novo documento de identidade. O Decreto, lançado em 2018, prevê um novo modelo de RG (Registro Geral) e já está em fase de implementação no Brasil. No Espírito Santo, entretanto, não há previsão do início da emissão.

A Polícia Civil do Espírito Santo informou por meio de nota que o chefe do SPTC (Departamento de Identificação da Superintendência de Polícia Técnico-científica) tem se reunido com representantes de departamentos de todo o país, a fim de avaliar os melhores mecanismos para implementação das mudanças previstas.

Novo modelo de RG. Foto: Divulgação/ PC de São Paulo
 

De acordo ainda com a nota da PC, pode ser que a equipe peça prorrogação no prazo estabelecido pelo Decreto. Somente Acres, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Distrito Federal emitem o documento.

O novo RG será semelhante à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), um pouco menor que a identidade atual e conterá mais informações, tais como: nome Social, nomes de mãe e pai biológicos e adotivos, CPF, Carteira de Trabalho, Título Eleitoral, CNH, Certificado Militar, Tipo Sanguíneo e Fator RH, e ainda informações especiais da algum tipo de doença ou alergia a algum medicamento específico.

O modelo atual de RG no Espírito Santo é emitido gratuitamente, se for a 1ª via do documento. Em caso de 2ª via, o cidadão para R$ 58,17. De acordo com informações da Polícia Civil, ainda não se pode afirmar nada sobre valores previstos para o novo modelo do documento.

Deixe seu comentário