JB Padrão
Banner TOP
O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) orienta que, em caso de perda da placa, não é mais possível substituir a placa pelo antigo modelo cinza. Donos de veículos que perderam as placas, seja por enchente em razão das chuvas na última quinta-feira (07) ou qualquer outro motivo, devem repor pelo novo modelo de placas Mercosul.
 
Desde o dia 10 de dezembro de 2018, estão em vigor no Estado as novas placas e não há mais fabricantes da placa anterior credenciados ao Detran|ES nem de lacres para fixação da placa.
 

Procedimento. Para repor a placa, aqueles proprietários de veículos com a placa cinza devem se dirigir à unidade do Detran|ES no município e solicitar o serviço de conversão de placa Mercosul. O valor da taxa do Detran|ES para o serviço e emissão de documento com a nova placa é de R$ 34.22.

Desde o dia 10 de dezembro de 2018, estão em vigor no Estado as novas placas e não há mais fabricantes da placa anterior credenciados ao Detran|ES

Após abertura do serviço e pagamento da taxa, o proprietário receberá um SMS com o código autorizador do emplacamento e deverá se dirigir com o veículo até uma empresa estampadora de placas credenciada ao Detran|ES para comprar e instalar a placa. Finalizado o procedimento, o interessado deverá retirar seu novo documento do veículo na Ciretran.

Caso o veículo já tenha placa no modelo Mercosul, basta ir até a unidade do Detran|ES para solicitar a autorização para confeccionar a placa de reposição e se dirigir à estampadora para compra e afixação da placa. Neste caso, não há cobrança de taxa do Detran|ES.

Para os dois serviços, o proprietário deve levar original e cópia do Certificado de Registro de Veículos (CRV), original e cópia de documento de identificação oficial com foto e comprovante de residência atualizado ou declaração de domicílio.

É importante, ainda, que o proprietário do veículo registre um Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia mais próxima ou de forma online no site delegaciaonline.sesp.es.gov.br A medida é necessária para que ele se resguarde caso essa placa seja encontrada por outra pessoa e utilizada indevidamente.

Placa Mercosul. Além da reposição de placa perdida, é necessário utilizar a placa Mercosul nos serviços de primeiro emplacamento e procedimentos de transferências, seja de propriedade ou domicílio, no caso de mudança de município e estado, além de alteração de categoria e troca de placas danificadas.

A lista de empresas aptas a atuarem como estampadoras de placas no Espírito Santo está disponível no site do Detran|ES, na área de serviços credenciados. Confira aqui as empresas Estampadora de Placas credenciadas.

Banner Marcelo
Institucional Basic Idiomas
Institucional MAllagutti

Padrão

4 COMENTÁRIOS

  1. Aqui em BH, mg. Tá tenso, o pessoal parece não está querendo se adequar. Tão muito devagar e vamos ver até quando. Tô com meu carro com placa do RJ para transferir pra Minas e não tem como. E agora?

  2. As placas só vem com o nome e a bandeira do país a exemplo dos placas da Argentina, Uruguay e Chile que já vi e acredito ser esse o padrão Mercosul. Não tem cidade ou estado nelas e é valida em todo território Mercosul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here