As pessoas que estão em vulnerabilidade social e passam por dificuldades financeiras agora poderão ter um benefício complementar na renda mensal. Trata-se de um auxílio emergencial de R$400, ofertado pelo programa municipal “Viver Bem”, criado pela Prefeitura de Itapemirim.

O Programa prevê que os R$400 sejam repassados aos beneficiários do projeto por meio de duas parcelas de R$200, começando neste mês. No entanto, para que de fato se inicie a distribuição do benefício, ele ainda precisará ser avaliado e votado pela Câmara Municipal de Itapemirim.

Divulgação oficial do programa, disponibilizado pela Prefeitura de Itapemirim.

A proposta já foi encaminhada para a aprovação dos vereadores, e caso aceita, a Prefeitura de Itapemirim garantiu que será posta em prática ainda neste mês de junho. O prefeito do município, Thiago Lopes, comentou sobre a importância de ajudar a população carente, que passa fome na cidade.

“O cartão Viver Bem levará comida à mesa de muitas famílias. Quem tem fome, tem pressa”, disse Thiago Lopes. O prefeito, que assumiu a administração da cidade em 2020, tem 34 anos e é médico.

Os beneficiários do programa Viver Bem, famílias que estão em situação de vulnerabilidade social, serão escolhidos a partir do  cadastro da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Semasci).

Deixe seu comentário