A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) se alia a tecnologia com uma ferramenta moderna para captar dados sobre o turismo no Espírito Santo. Por meio de sinais do celular, será possível obter dados estatísticos da movimentação, localização e permanência nos pontos turísticos, dentre outras informações. O estudo analisa ainda o perfil sociocomportamental de quem visita o Espírito Santo.

“Diferente das pesquisas de campo que realizamos, neste modelo, os dados serão coletados 24 horas por dia e em todo território capixaba. Saberemos o estado e a cidade de origem dos visitantes, bem como todos os municípios capixabas que visitarem”, contou a gerente de Estudos e Negócios Turísticos, Danielli Nogueira.

Por meio de sinais do celular, será possível obter dados estatísticos da movimentação, localização e permanência nos pontos turísticos.

O coordenador do projeto na Setur, Rafael Granvilla, explicou que a obtenção dos dados turísticos se dará para usuários de telefonia móvel que receberem ou transmitirem informações durante a permanência em território capixaba. “Saberemos o tempo que o turista ficou no estado e quais eventos ou pontos turísticos ele visitou”.

O contrato prevê informações captadas de todo ano de 2016 e 2017. A intenção da análise é aprofundar os estudos sobre o fluxo e o perfil do turista que visita o Estado. Os dados são importantes para o direcionamento de políticas públicas para o desenvolvimento do mercado turístico e também estratégias de divulgação dos destinos capixabas.

“O Espírito Santo é o primeiro a usar este recurso. É uma forma moderna de trabalhar o turismo e traçar o perfil de consumo do turista para focar nas tendências que lhe agradam”, relatou o secretario de Estado do Turismo, José Sales Filho.

O estudo desenvolvido cumpre com as leis em vigor sobre privacidade, respeitando o anonimato dos dados.

Deixe seu comentário