Um advogado de 38 anos foi preso no final da noite desta quinta-feira, no bairro Perocão, em Guarapari. De acordo com informações da Polícia Militar, o homem que estava alterado, teria roubado a bolsa de uma idosa, quando ela estava saindo da igreja. Moradores ouviram a vítima pedir socorro e correram atrás do homem e o seguraram.

Pedro se mudou para Guarapari há dois anos, para tentar uma nova vida.
Pedro se mudou para Guarapari há dois anos, para tentar uma nova vida.
Segundo informações do boletim de ocorrência, era por volta das 19h quando a idosa de 78 anos estava caminhando pela Rua Marcelino Vieira e foi abordada pelo homem que foi identificado como Pedro Ivo Rodrigues de Melo. Ele teria utilizado uma lanterna por debaixo da camisa, para simular que estava armado.

Da aposentada ele roubou uma bolsa contendo objetos de ouro e uma quantia não mencionada de dinheiro. Pedro após roubar a bolsa da idosa, correu em direção a Rodovia do Sol. A mulher gritou pedindo socorro e afirmando que havia sido alvo de um assalto.

Moradores ouviram os gritos e correram para a rua e avistaram o indivíduo. Três homens pularam em cima dele e o seguraram, até a chegada da PM. Abalada, a aposentada conta que pensou que poderia morrer, mas não reagiu a assalto e só implorava para o bandido devolvesse os óculos de grau que ela usava.

A idosa estava voltando da igreja, onde havia pedido proteção e segurança à Deus, na volta para casa, relata. Ela implorou para que o assaltante devolvesse os seus óculos de grau. Foto:  Vinícius Rangel
A idosa estava voltando da igreja, onde havia pedido proteção e segurança à Deus, na volta para casa, relata. Ela implorou para que o assaltante devolvesse os seus óculos de grau. Foto: Vinícius Rangel

“Ele ma agarrou por trás, eu acabei de retirar um rim e estou ainda me recuperando da cirurgia. A todo o momento ele queria o dinheiro. Ele estava muito nervoso e pegou a minha bolsa e saiu correndo. Eu tinha acabado de sair da igreja, pedindo proteção e segurança a Deus na minha volta para casa. Eu ainda pedi para ele me devolver os óculos, mas ele fugiu”, desabafou a idosa.

Ao ser detido, Pedro afirmou a reportagem de que é advogado há quatro anos. Há dois anos ele veio para Guarapari, de Bom Despacho em Minas Gerais, a procura de novas oportunidades dentro da área, já que a sua mãe mora no balneário. Arrependido, ele está preocupado com a carreira e negou ter roubado a bolsa.

O delegado plantonista Jefferson Wagner Gomes,  autuou Pedro pelo artigo 157, roubo.
O delegado plantonista Jefferson Wagner Gomes, autuou Pedro pelo artigo 157, roubo. Foto: Vinícius Rangel.
“Eu não agredi a senhora. Eu sou usuário de craque e tenho procurado ajuda. Nunca fui para às ruas roubar as pessoas, mas a crise de abstinência da droga estava muito grande, não consegui pensar. Eu estou arrependido, com vergonha. Não sei o que será da minha carreira agora”, disse Pedro.

O delegado plantonista da 5ª delegacia regional, Jefferson Wagner Gomes, vai autuar Pedro, por roubo. Ele foi encaminhado ontem, para o Centro de Detenção Provisória da cidade.

Deixe seu comentário