De acordo com o jornal A Gazeta de hoje, uma liminar da Justiça Federal garantiu a permanência do prefeito de Alfredo Chaves, Roberto Fiorin (PSB), no cargo. Fiorin foi condenado a ficar cinco anos sem exercer cargo público por desvio de recursos.

Prefeito falou sobre a cidade.
Prefeito obteve liminar

A posse ao vice prefeito Ademir Boldrini (PP), pedida pela justiça,  estava certa para acontecer ontem, mas segundo o presidente da Câmara, João Bosco (PSB), com a notícia da liminar, concedida na noite da última segunda-feira, a sessão extraordinária que contava com a presença dos vereadores e do vice foi suspensa.

 O advogado do prefeito, Alessandro Soares, diz que a Justiça entendeu que seria desaconselhável dar posse ao vice antes do julgamento de um habeas corpus a favor de Fiorin. O Ministério Público Federal ainda pode recorrer.

Deixe seu comentário