O passe livre no pedágio para moradores circunvizinhos à praça do pedágio volta a ser discutido na noite desta terça-feira (13). Será realizada uma Audiência Pública na Rodovia do Sol KM 31, no galpão ao lado da Fábrica Ferrari, no bairro Village do Sol, às 19 horas. Na ocasião, também será posto em discussão o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com relação às novas construções.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A solicitação pelo passe livre já vem sendo discutida desde 2013, quando moradores fizeram manifestações no pedágio para que fossem atendidos. Para eles, a situação é complicada, pois moram em Guarapari, mas muitos trabalham do outro lado do pedágio, o que gera um enorme gasto para quem opta por utilizar seu carro ou sua moto como meio de transporte.

“Você não pode ir trabalhar de carro ou de moto, porque o pedágio é um absurdo. Você não tem um direito de escolha, você é obrigado a gastar quase a metade do seu salário se você quiser chegar um pouco mais cedo em casa”, desabafa Néia Lima, presidente da Associação dos Amigos da Praia do Sol.

Foto: Rodosol
Foto: Rodosol

Ela ainda conta que 14 manifestos foram feitos desde 2013, ano em que a Associação foi criada. Néia afirma que o que eles querem é que o direito de ir e vir seja respeitado.

Atualmente, tem direito ao passe livre apenas moradores antigos do local, que já moravam ali antes da instalação da praça do pedágio. Na Audiência Pública de hoje será discutida a questão dos moradores que passaram a residir no bairro após essa instalação.

Néia explica que as demandas não acabam aí: “Conseguindo o passe livre aqui, nós vamos lutar por Guarapari. Nós queremos que os moradores dos demais bairros da cidade paguem apenas uma vez ao passar pelo pedágio, na ida ou na volta”.

Deixe seu comentário