Denunciado no mês de julho por estar construindo uma casa em área de proteção ambiental na localidade de Todos os Santos, região rural de Guarapari (Reveja), o vereador e presidente da Câmara Wanderlei Astori, que teve a obra embargada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, nega que a obra tenha continuado.

A construção foi embargada porque o parlamentar estava construindo sua residência há cinco metros de distância do Rio Corindiba e de acordo com a Lei Federal de número 12.651/2012, ele só poderia construir no local, a partir de 30 metros de distância do curso do Rio.

OBRA DE WANDERLEI ASTORI
Foto de Julho mostra que vereador estava construindo uma residência a cinco metros de distância do Rio Corindiba. Foto Divulgação.

Mas, a obra não teria parado. Nossa equipe teve acesso a uma foto, que mostra que a obra está bem adiantada em relação a três meses atrás. Comparando as fotos é possível ver que paredes e telhados estão quase prontas. Além disso, os materiais para continuar a construção também estão à vista.

ObraWanderlei
Foto de Setembro enviada a nossa equipe, mostra que obra teve um andamento significativo. Foto Divulgação.

A Secretária Municipal de Meio Ambiente, Jéssica Martins, explicou ao Portal 27 que a obra foi embargada no final de junho. Após isso a secretaria observou que a obra teve um andamento, mas que estão apurando. “Nossos fiscais estão apurando em nossos arquivos para poder comprovar se a obra teve andamento. Caso isso seja comprovado, poderemos aplicar uma multa pelo desrespeito ao embargo”, explicou.

JÉSSICA MARTINS
“Caso isso seja comprovado, poderemos aplicar uma multa pelo desrespeito ao embargo”, explica secretária

Nossa equipe tentou falar com o vereador, mas ele não atendeu as nossas ligaçõe na primeira tentativa. Tentamos novamente e caiu na caixa postal. A informação é que ele está viajando. Na última sexta feira, porém, Wanderlei publicou no Facebook, uma explicação sobre o assunto. Confira.

“Venho a público esclarecer a toda a população do município de Guarapari que as fotografias da obra que estou realizando na localidade de “todos os santos”, recentemente divulgadas com insinuações sobre um suposto descumprimento de embargos do executivo municipal (notificação nº 02148 da secretaria municipal de meio ambiente), datada de 25 de junho de 2015, não condizem com a verdade dos fatos.

Esclareço aos munícipes que a referida obra está paralisada desde o momento do recebimento da notificação, ocorrida justamente no estágio mais avançado do empreendimento, conforme demostra uma das fotos veiculadas, em um site.

"Cada um tem direito de escolher o que quer ser, mas depois dos 18 anos', disse Wanderlei
“jamais desrespeitaria qualquer tipo de impedimento que me fosse imposto, principalmente em razão da minha condição de agente políticos”, disse Wanderlei

Sabedor da importância do papel de fiscalização exercida pelo nossos órgãos competentes, jamais desrespeitaria qualquer tipo de impedimento que me fosse imposto, principalmente em razão da minha condição de agente político.

Representante de parcela significativa da sociedade Guarapariense, tenho o dever de ser exemplo aos demais cidadãos. Pautando minha conduta nos princípios da moralidade e da legalidade, coloco-me a disposição de todos para quaisquer esclarecimentos que fizerem-se necessários.”

 

Deixe seu comentário