Os partidos que não votarem pelo impeachment, que não reprovarem as contas do governo e que também não votarem a favor da CPMF, com segurança, estarão liquidados. As urnas irão secar para eles.

dilma-rousseffPensamos. A sociedade não aguenta mais a estrutura da instalação da anarquia nessa nação. Com as despesas maiores que as receitas, o governo vai pagar bilhões neste ano para quitar as chamadas pedaladas fiscais, que são os atrasos em repasses e outras dívidas da união, quando, em circunstâncias normais e favoráveis, esse mesmo dinheiro poderia, seguramente, ser investido em áreas de extrema necessidade em nosso país, em dias de aperto financeiro e crise.

Essa é apenas uma das claras evidências de que o atual governo pode investir e injetar dinheiro na economia brasileira, mas, não o faz. O Brasil está sem rumo, igual a um trem desgovernado ladeira abaixo. Isso é o que os especialistas, economistas e jornalistas estrangeiros dizem. É o óbvio do momento.

dilma_aeA presidente Dilma Rousseff está buscando se reconciliar com os opositores que pedem o seu afastamento do cargo, quando ela deveria mesmo é buscar fazer a política da boa vizinhança com seu eleitorado. Aqueles que nela votaram, sobretudo.

Em política, a comunhão de ódios é quase sempre a base das amizades. Mas, como já bem disse o filósofo Italiano, Nicolau Maquiavel (naquilo que se tornou uma das melhores definições de política): “Política é a arte da articulagem”.

É exatamente isso que o atual governo está fazendo com aquilo que hoje representa – para o PT – a posição declarada. O governo deveria alterar os rumos da política econômica para recuperar o apoio popular. Mas, como isso será possível, se nem ao menos consegue aprovar um projeto no congresso? Sem apoio ninguém governa.

A campanha ganhou força nas redes sociais. Manifestação vai acontecer dia 15 de março no Radium Hotel

É isso. Como mesmo já disse o próprio filósofo alhures, “Devemos tratar os governos como realmente eles são e não como eles deveriam ser”. Contrário a isso é utopia. Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.

A finalidade principal da política é a manutenção do Estado. Mas, o que podemos ver é a manutenção do poder ao preço do logro. Enquanto isso, também observamos, envergonhados, a terraplanagem da vereda da crise. A política é uma guerra sem derramamento de sangue.

Verdade é que não se pode apontar para os eleitos sem que antes se aponte para os eleitores. Nada é tão admirável em política quanto uma memória curta. As próximas eleições já se aproximam, e de forma Irreversível, lamentável e repetida, será o que veremos. (…) Gravemos isso.

SérgioKleberson Sergio de Andrade. Pastor Batista, Professor de Filosofia, Sociologia, Teologia, Ética e Cidadania, Bacharel em Teologia, Pós graduado em Ética, Filosofia, Educação, Docência do Ensino Superior, Capelania Hospitalar, Licenciado em Filosofia e Sociologia e Acadêmico de Psicanálise.

Deixe seu comentário